NETFUT
Notícias de futebol

Jogadores que foram contratados e nem ao menos estrearam pelo clube

Não há dúvida nenhuma de que um dos momentos mágicos para um jogador de futebol é o momento em que ele é apresentado em seu novo clube, colocando a contratação de forma pública e oficial.

Infelizmente, existem situações onde uma contratação não passa realmente disso, uma apresentação, com o jogador nem ao menos jogando, e às vezes nem chegando a se apresentar.

Isso já aconteceu no Brasil por diversos motivos diferentes em contextos completamente aleatórios e hoje vamos citar alguns desses casos, onde um jogador é contratado e nem chega a estrear pelo clube.

Ronaldinho

Ok, vamos começar roubando um pouco nessa, já que Ronaldinho Gaúcho em nenhum momento foi anunciado de forma oficial como jogador do Grêmio, mas de fato isso passou muito perto de acontecer. Tão perto, que o presidente do Grêmio na época tinha tanta fé que o jogador viria, que já havia dito sim em palavras mas não assinado ainda, iria jogar no tricolor dos pampas que preparou uma festa de apresentação no estádio.

O resultado foi Ronaldinho no Rio de Janeiro com um microfone na mão dizendo para quem queria ouvir que “agora ele era Mengão” no mesmo momento em que a festa em Porto Alegre era montada.

Malcom

O atacante ex-Corinthians foi para o Bordeaux da França, onde jogou muito bem e atraiu a atenção de outros lugares da Europa. Um deles foi no Roma da Itália, time com o qual chegou a fechar, e foi até anunciado nas redes sociais do clube.

Acontece que poucas horas depois o jogador foi anunciado pelo Barcelona, que atravessou a negociação do time italiano, e por ser um time que na época ainda tinha Messi, acabou sendo tentador para Malcom, que decidiu ir para o time Catalão mesmo com tudo o que já tinha conversado com a Roma.

Léo Moura

O jovem menino de 36 anos conhecido como Léo Moura estava de saída do Flamengo depois de um número gigantesco de temporadas pelo clube, e estava sem saber exatamente para onde ir. Foi então que Eurico Miranda, presidente do Vasco na época, decidiu trazer de volta o jogador que já havia defendido a camisa do Vasco no passado, e anunciou a vinda dele ao site do clube.

Acontece que a contratação pegou mal tanto para a torcida do Flamengo quanto também para a torcida do Vasco. Uma achou falta de respeito sua ida direto para um rival e outro achava que o jogador já não combinava mais com o time pelos seus anos no rubro-negro

Anelka

Existiram poucos momentos na história do futebol brasileiro que se tornaram piada de forma tão rápida e tão lembrada como a situação que o Atlético Mineiro viveu quando “contratou” Anelka.

Acontece que as negociações aconteceram e chegaram muito perto de se concretizarem, a ponto do então presidente do Galo, hoje prefeito de Belo Horizonte, postar em seu twitter pessoal que o Anelka é do Galo.

Acontece que Anelka não havia se agradado com alguns termos exigidos pelo Galo, o que levou o jogador a dizer não quando estava bem perto de dizer sim.