NETFUT
Notícias de futebol

Jogadores muito mal aproveitados em clubes brasileiros

Somos completamente apaixonados pelo nosso futebol, mas não podemos deixar de reconhecer os erros que cometemos por aqui, e não são poucos.

Seja a diretoria ou seja o treinador, vez ou outra acabamos ignorando grandes craques do futebol, e quando damos por si, já o liberamos para brilhar em algum rival, onde ele conquistou grandes feitos, deixando a torcida muito irritada por dispensar um jogador com futuro;

E é exatamente sobre isso que vamos falar hoje, apontando alguns dos jogadores mais mal aproveitados em clubes brasileiros.

Marcelo Moreno no Flamengo

Marcelo Moreno foi um grande jogador por onde passou no nosso futebol, quanto a isso não há dúvidas. Porém temos que lembrar que o clube onde ele chegou com maior empolgação foi o time onde ele menos jogou, e isso não é necessariamente culpa dele.

A passagem de Marcelo Moreno no Flamengo foi marcado pelo jogador passar muito tempo no banco de reservas, sendo reserva direto de Hernane Brocador, jogador que teve uma boa passagem pelo Fla, mas que poderia ter rodado mais para a entrada de Moreno, uma vez que ele poderia ter tido uma carreira mais longa e consistente no time do que o Brocador teve.

Arthur Cabral no Palmeiras

Houve uma época bem “abonada” do Verdão, onde o clube comprou jogadores apenas para que seus rivais não comprassem, algo que foi até admitido por Alexandre Matos, Porém essa tática que pode parecer grandiosa para quem vê, na prática é extremamente prejudicial para os jogadores, já que ele pode nem saber que está indo para um clube que não tem intenção de aproveitá-lo.

E o que fazer quando esse jogador é ótimo? É o caso de Arthur Cabral, que teve uma passagem pelo Palmeiras onde mal era utilizado, e mesmo assim demonstrou futebol para chegar na Europa e agora até foi convocado para a seleção brasileira.

Claudinho no Santos

Alguns podem estranhar essa relação. Quando foi que Claudinho jogou no Santos? Ele jogou por 13 anos, e na hora de entrar para o time principal alguém disse a ele que ele não era jogador para o Santos, e foi dispensado.

Depois o jogador chegou até o Bragantino, e o resto é história. Uma extremamente dolorida para quem quer que seja que tenha se livrado do jogador.

Marquinhos no Corinthians

Aqui temos uma prova de que mesmo bons técnicos podem ter impressões erradas de jogadores às vezes. Marquinhos é cria da base Corintiana, vindo diretamente do terrão para o time.

Quando começou a figurar entre os profissionais, Tite, hoje técnico da seleção, era técnico do Timão, e ele acaba não enxergando em Marquinhos tudo aquilo que ele tem hoje, chegando a alegar que o jogador era pequeno demais para a posição.

Ironicamente hoje o Marquinhos é simplesmente um dos, se não o melhor zagueiro do mundo atualmente, e é o jogador mais frequente como titular dentro da seleção brasileira que é comandada pelo próprio Tite.

O jogador praticamente não teve chances no Corinthians e saiu para a Roma por um valor infame, e logo depois foi vendido para o PSG por uma fortuna.