NETFUT
Notícias de futebol

Jogador do Manchester City vai ter que responder a 7 casos de estupro

Com o mundo do futebol sendo algo dinâmico, com coisas acontecendo a todo momento, é comum que algumas histórias escapem de nossos olhos, ou até sabemos da história, mas não sabemos quão grave ela é. Esse pode ser o caso de quem não sabe como andam as coisas com o lateral francês Mendy, jogador do Manchester City que está passando por um dos casos mais escandalosos de criminalidade dentro do mundo do futebol.

Acontece que o jogador, Benjamin Mendy, de 27 anos, um dos jogadores de defesa mais caros de toda a historia contratado do Manchester City vindo diretamente do Mônaco, foi preso preventivamente a alguns meses após ser acusado de estupro.

Acontece que para piorar, o jogador acabou recebendo outras acusações de outras mulheres que tiveram coragem de se expor após sua prisão, e no atual momento o jogador já soma 7 casos de abuso por 7 pessoas diferentes, e uma das pessoas envolvidas é menor de idade.

O jogador foi preso em agosto de forma preventiva – e desde de lá segue na cadeia, de onde vem tentando vários pedidos de pagamento de fiança para que possa responder em liberdade, porém todos os seus pedidos, inclusive o mais recente de todos, foram negados, e o jogador deverá seguir dentro da prisão.

E esse tempo por lá pode realmente se estender, já que graças a esse novo caso, o seu julgamento acabou sendo adiado. O julgamento do jogador deveria originalmente acontecer em janeiro, porém em uma audiência realizada este mês o jogador foi informado de que existe uma nova acusação de uma nova pessoa, e isso fará com que agora o seu novo julgamento seja feito apenas julho ou agosto, e nesse meio tempo o jogador deverá seguir na prisão.

Vale lembrar que assim que as notícias começaram a circular, o Manchester City afastou o jogador do elenco imediatamente, cooperando com tudo o que foi necessário.

O caso de Mendy gerou muito problema no mundo do futebol uma vez que diversos veículos de imprensa estavam usando fotos de outros jogadores que tem Mendy no nome, gerando uma grande confusão com esses jogadores, afinal, ninguém quer ter a sua imagem atrelada a de um possível estuprador.

Foi exatamente isso que Ferland e Edouard Mendy tiveram que passar, Um é jogador do Real Madrid, e o outro goleiro do Chelsea, e os dois tiveram suas fotos usadas para ilustrar matérias sobre o jogador do Manchester City, o que os deixou muito irritados, alegando até racismo estrutural, algo muito comum no Brasil, quando uma pessoa negra é confundida com um criminoso apenas pelo fato de ser negro e ter alguma semelhança mínima como o nome, uma vez que apenas o segundo nome deles são parecidos, e fisicamente os 3 são completamente diferentes uns dos outros.

A defesa de Mendy seguirá tentando conseguir uma maneira do jogador aguardar o julgamento em casa, principalmente com a adição de seu julgamento agora.


Sem opção de comentar este post