NETFUT
Notícias de futebol

Já a 20 dias sem técnico, Corinthians está longe do nome ideal

O Timão já está a 20 dias sem fechar com um novo treinador, por mais que isso possa parecer uma notícia estarrecedora, as coisas poderiam estar piores, e bem piores!

O Timão mandou Sylvinho embora, e segundo o presidente do clube, Duílio Monteiro, a decisão passou muito pelo desejo da torcida para que o treinador saísse.

Segundo ele próprio, não foi uma decisão fácil, mas ele admite que o erro real dentro dessa história foi não ter dado ouvidos a torcida antes e feito isso assim que a temporada passada terminasse, e dessa forma o time teria algum tempo em paz para procurar o seu novo comandante.

Um início que não estava nos planos, mas que está dando certo

No entanto, existem males que vêm para bem, e nesse caso, o Corinthians está demorando tanto para conseguir um novo treinador, permitindo que a diretoria tenha um olhar inédito sobre a equipe.

Acontece que geralmente os times sem treinador tendem a não jogar tão bem, afinal, eles não estão seguindo nenhum trabalho específico, mas ver o time de uma forma crua é muito útil para saber qual o perfil de técnico que um time espera.

O Corinthians por exemplo, está tendo as melhores performances do elenco desde que Sylvinho saiu, e isso não quer dizer que o nome que está comandando o Time interinamente no momento deveria ser o treinador pelo seu grande trabalho, esse na verdade nem é o objetivo de Fernando Lázaro ali.

Mas seu grande trunfo está sendo fazer o que a torcida queria: ver o quinteto de contratados em campo. E não entenda errado, nem sempre dar o que a torcida quer é a coisa certa a se fazer, principalmente isso tem a ver com a escalação. A seleção brasileira de 2006 também tinha a sua trupe que todos queriam ver juntos, e viram, e qualquer um que olhe a seleção naquele tempo, entende que a trupe estar em campo ao mesmo tempo é o que levou a seleção a ruína naquela Copa.

Tão certo que se melhorar, estraga!

Porém, quando faz sentido aqueles jogadores juntos, tudo dá certo. E no caso do Corinthians, mais do que dar certo, foi ao mesmo tempo solucionado o problema da falta de centroavante, e hoje na verdade o torcedor do Corinthians tem mais medo de um novo treinador vir e desmanchar a formação onde todos jogam juntos do que qualquer outra coisa.

O Corinthians perdeu Luís Castro, nome favorito e que já era dado como certo, e a partir daí a estaca zero deve recomeçar, mas por mais que isso seja estarrecedor, a torcida está menos preocupada do que estaria se o contexto fosse outro. Confiante que esse Corinthians, mesmo sem um treinador por enquanto, consegue se virar. E o desejo maior hoje, é que o treinador venha para utilizar esse Corinthians tão bem quanto o interino Fernando Lázaro tem conseguido utilizar, fazendo com que o quinteto jogue junto e jogue tão bem igual vem jogando atualmente.