NETFUT
Notícias de futebol

Hugo Souza, goleiro do Flamengo relembra desconfiança que falhas trouxeram, e afirma já estar pronto

Muitas pessoas devem se lembrar de Hugo Souza, o Neneca, goleiro que pegou a torcida do Flamengo de assalto a algum tempo atrás, onde precisou ser titular e jogou muito bem, trazendo olhos do Brasil todo para ele.

O jogador mostrou muita frieza dentro do gol, e uma explosão fora do comum, principalmente para um jogador que já é naturalmente alto. Muitos da torcida chegaram até a pedir o jogador como o grande titular da equipe, e isso durou até o momento em que o goleiro falhou em uma saída de bola, e dali para frente ele claramente acabou decaindo.

Desde então demorou muito para que o jogador recebesse novas chances para jogar. Recentemente ele voltou a campo pelo Flamengo, mostrando novamente calma e confiança na hora de defender a meta do Mengão, o que animou bastante os torcedores.

O jogador inclusive comentou sobre isso em uma entrevista, onde deixou claro que as falhas mexeram bastante com a sua cabeça, com a sua confiança, o que o induziu ainda mais a erros em campo.

– Com os erros chega a insegurança e desconfiança. Falta confiança para tentar o passe difícil, o lançamento. O medo de errar faz errar mais ainda. Talvez tenha acontecido isso comigo. Infelizmente, eu fiquei marcado. Eu tenho que ter a cabeça boa agora, retomando a confiança, a fazer o que eu fazia antes das falhas. Foi o que eu fiz nesses últimos jogos. Joguei sem medo de errar e não errei. As coisas aconteceram da melhor forma – disse Hugo.

A expectativa

Mas mais do que os erros, muitos dos problemas envolvendo o jogador vieram da expectativa que se criou em cima dele por parte não só da torcida do Flamengo, mas de todos no geral, já que as boas atuações do goleiro trouxeram para ele olhos de curiosos de outros times.

As comparações fizeram com que as expectativas se criassem ainda mais, como por exemplo o fato de algumas pessoas compararem o jovem goleiro a Dida, um dos maiores goleiros que o Brasil já teve e o maior goleiro da história do Milan.

A semelhança estava na estatura somada à explosão que o goleiro tinha, que sempre foi uma marca registrada de Dida. Isso fez com que a pessoas esquecessem que o jogador tinha pouco mais de 20 anos, e tratam ele como uma joia já lapidada, e quando tratam um jogador como uma joia já lapidada, eles vão comprá-lo como se ele de fato fosse responsável por mais coisas do que ele originalmente deveria ser.

Com a ausência de Diego Alves por algumas lesões na temporada passada o goleiro conseguiu ter mais espaço e mostrar que está apto quando o time precisar de novo, e a julgar de alguns erros que o mesmo Diego Alves andou cometendo, é de se imaginar que Hugo pode ter mais chances.

Afinal, dessa forma o Flamengo não precisa se preocupar em ir ao mercado em busca de um novo goleiro.