NETFUT
Notícias de futebol

Grêmio e o gigante que precisa derrubar hoje

Hoje a equipe do Grêmio entra em campo com um problema gigantesco em mãos. A equipe gaúcha está na luta desesperada para conseguir fugir da zona do rebaixamento, e as coisas não parecem nada boas para a equipe de Porto Alegre.

A 7 pontos de conseguir escapar da zona da degola, o Grêmio precisa vencer todo e qualquer jogo que tiver pela frente, principalmente se levarmos em conta que faltam apenas 8 rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro.

Porém, um ponto em que o time sempre se apoiou para não perder de vez as esperanças era no fato de que eles tinham 2 jogos a menos no campeonato, ou seja, 6 pontos extras para somar na luta contra o rebaixamento.

E um desses jogos atrasados é exatamente a partida de hoje, onde o Grêmio, vice-lanterna na competição, vai encarar ninguém mais é ninguém menos que o líder, Atlético Mineiro. Mas o que podemos tirar desse jogo?

Um emocional conturbado

Um dos maiores problemas de um time lutando contra o rebaixamento é a parte mental, onde todo jogo parece uma batalha mais difícil do que o normal, e tudo pesa. Esse tem sido inclusive o grande foco do treinador Vagner Mancini, que admitiu ter muito cuidado para que isso não se torne um problema ainda maior.

Apesar dos esforços de Mancini, fica claro que o emocional dos jogadores está em frangalhos, sempre muito nervosos em campo como deu para perceber no jogo contra o Palmeiras.

A torcida sem paciência

Uma das coisas mais importantes para um time é o apoio de sua torcida, principalmente em momentos de crise. No entanto, o Grêmio vive um momento conturbado com seus torcedores. É claro que existem aqueles que apenas apoiam e torcem pelo melhor de todas as formas possíveis, porém, existe uma ala da torcida que já está hostil graças a todos os tropeços, e isso sem dúvida alguma impacta os jogadores, que tiveram que assistir a depredação da Arena Grêmio na última derrota da equipe.

Pode não adiantar, mas também não pode perder.

Apesar das esperanças nesse jogo, mesmo que o Grêmio vença as duas partidas atrasadas, o time ainda não sairia da zona da degola, precisando ainda de um ponto, ou seja, ainda dependeria dos seus jogos regulares. Então é importante entender que, apesar de cruciais para a fuga da zona do rebaixamento, esses pontos não vão fazer nenhum milagre pela equipe caso realmente sejam conquistados.

Uma missão possível

Apesar de parecer uma missão impossível, praticamente suicida, temos que lembrar que o Atlético Mineiro não é um time imbatível. E claro, não é apenas o Flamengo e o Palmeiras com um elenco colossal que conseguem fazer isso. Temos que lembrar que o Atlético-GO que vem fazendo um campeonato mais humilde conseguiu, e que a própria Chapecoense, lanterna da competição, empatou e por muito pouco não venceu o jogo.

Então é importante que os comandados de Vagner Mancini não entrem em campo com espírito derrotado e acreditem até o fim.


Sem opção de comentar este post