NETFUT
Notícias de futebol

Grandes treinadores que já foram rebaixados no Brasileirão

Sempre que um time cai, é um baque muito grande para todos, mas quem deve se sentir mais culpado é o treinador, afinal o treinador é o rosto da equipe sempre o primeiro a receber as pedradas e o último a receber os elogios.

E cair é uma preocupação de todos os treinadores, afinal, mesmo sendo um grande treinador multi-campeão, houve um momento na carreira que o treinador quase caiu, ou de fato caiu. E existem treinadores grandes que você pode até não se lembrar, mas já foram rebaixados em algum momento. E é disso que vamos falar hoje.

Marcelo Oliveira

Vamos começar com um dos poucos treinadores que conseguiram conquistar mais de um Brasileirão de forma consecutiva. Marcelo de Oliveira foi o líder daquele Cruzeiro histórico que tinha Ricardo Goulart e Everton Ribeiro em um dos seus melhores momentos em sua carreira.

O treinador é lembrado como um dos maiores treinadores da história da Raposa, além também de ter uma Copa do Brasil com o Palmeiras em 2015.

No entanto, o treinador acabou sendo rebaixado na campanha do Coritiba em 2017, mostrando que mesmo um treinador de carreira consolidada pode passar por isso.

Felipão

Felipão é um treinador que não existe uma grande necessidade de se citar o currículo. O treinador é um dos maiores da história do Palmeiras e também pelo Grêmio, e tem Libertadores por cada um deles, além de uma histórica Copa do Brasil pelo Criciúma.

Porém, isso não muda o fato que, no Palmeiras, o treinador fez parte da campanha que rebaixou o Verdão em 2012. O treinador não terminou o ano no comando, mas esteve durante muito tempo, e só abandonou o barco quando ele já estava praticamente afundado.

Curiosamente o treinador também acabou deixando o Grêmio algumas rodadas antes do mesmo cair.

Renato Gaúcho

Renato Gaúcho é, além de um dos maiores treinadores do nosso futebol, também um dos maiores personagens que o mundo da bola já viu. E é claro que no momento, o seu reinado está em baixa graças a saída conturbada do comando do Flamengo.

Porém isso não muda todas as suas conquistas, seja pelo Grêmio, Fluminense e todos os times que treinou em sua carreira.

Porém o ego de Renato deve odiar lembrar que por duas vezes, o treinador foi para a série B. Uma delas foi com o Athletico, que na época ainda era Atlético Paranaense em 2011, e com o Vasco em 2008.

Tite

Pois é meus amigos, mesmo o atual treinador da seleção brasileira e melhor treinador da história do Corinthians, campeão da Libertadores e do Mundial, já tem um rebaixamento em seu círculo. Isso acontece antes das glórias chegarem à vida de Tite, em 2005 com o Atlético Mineiro.

Cuca

E por falar em Atlético, o melhor treinador da história do Galo também já se encontrou com o rebaixamento em sua carreira. E duas vezes ainda, uma pelo Coritiba em 2005 e outra pelo Grêmio em 2004. Todos antes do treinador consolidar a sua carreira.