NETFUT
Notícias de futebol

Grandes jogadores que tiveram poucas chances com a seleção

Existe um ciclo de sonhos na vida de um garoto que quer ser jogador de futebol que meio que se repete com todos. A pessoa sempre se imagina da mesma forma: fazendo o gol do título de seu time do coração, e depois fazendo o gol do título de uma Copa do Mundo pela seleção.

No entanto, esse ciclo nem sempre se completa dessa forma, e por mais confuso que possa parecer, um jogador pode brilhar em seu clube ou até por mais de um clube, e mesmo assim, nunca brilhar pela seleção.

E por isso hoje vamos falar de alguns jogadores que foram gigantes por clubes mas que nunca tiveram chances na seleção.

Fábio Luciano

Fábio Luciano foi um grande zagueiro que brilhou tanto no Brasil quanto fora dele. O jogador é bicampeão nacional na Turquia, além de ter brilhado também pelas duas maiores torcidas do nosso futebol.

No Corinthians o zagueiro foi campeão do mundial da FIFA de 2000, além de ter ganho uma Copa do Brasil, um Torneio Rio – São Paulo e dois Paulistas, enquanto que pelo Fla ganhou o carioca e se aposentou logo depois dele.

Pela seleção, o zagueiro teve apenas dois jogos.

Rafinha

Rafinha é um jogador que nunca escondeu sua insatisfação por ser ignorado por praticamente todos os técnicos que a seleção brasileira teve, enquanto o jogador tinha futebol para seleção.

Mesmo com seu tempo jogando pelo Bayern, um dos melhores times do mundo, o jogador só conseguiu o total de 4 jogos usando a camisa da seleção. Com a escassez de laterais direitos que vivemos, o jogador achou que sua estadia no Flamengo ajudaria ele a ter mais chances, mas acabou não acontecendo.

Marcelinho Carioca

O pé de anjo é um dos, se não o maior ídolo da história do Corinthians, e quem viu ele jogando sabe que bola para jogar na seleção o jogador sempre teve, seja batendo faltas com maestria ou seja como o meia ofensivo talentoso que sempre foi.

No entanto, com um meio de campo sempre tão popular por grandes jogadores e um Luxemburgo técnico da seleção, treinador com o qual o jogador tem rusgas, Marcelinho conseguiu colecionar apenas 4 jogos com a camisa da seleção.

Danilo

Outro meia que sofreu com o fato de que o meio de campo da seleção sempre foi cercado por grandes estrelas. Talvez Danilo nunca tenha sido uma grande estrela internacional, mas poucos, poucos mesmo tem o currículo que o jogador tem, quando o assunto é títulos jogando no Brasil.

Danilo tem um Campeonato Brasileiro e uma Libertadores, além de um mundial pelo São Paulo, enquanto tem 1 Libertadores, 1 Mundial e 3 Campeonatos Brasileiros também pelo Corinthians, sendo um grande ídolo nos dois rivais, outro mérito que deveria ser um troféu por ser algo bem raro.

Porém mesmo com todos esses feitos, o jogador soma o total de 0 jogos e 0 convocações para nossa seleção. Uma grande injustiça.


Sem opção de comentar este post