NETFUT
Notícias de futebol

FIFA terá de tomar medidas quanto à final da Champions marcada para ser na Rússia

O futebol Internacional não tem sorte quando o assunto é Geopolítica. Mais de uma vez jogos das competições como Liga dos Campeões e Europa League tiveram problemas com conflitos e políticas de países que teriam que sediar alguns jogos, mas nunca nada foi tão grave e alarmante como agora.

A final da Liga dos Campeões, maior competição de clubes do mundo, tem a sua final marcada sempre para um país de território neutro quanto a seus finalistas, e todos os anos esse país muda. O país é sempre escolhido antes mesmo da competição acabar, e muito da propaganda da final é feita em cima do país escolhido.

A Champions atual estava programada para ter a sua grande final na Rússia, porém os atuais conflitos políticos entre Rússia e Ucrânia podem fazer com que isso mude, e por vários motivos.

A final da Champions é pensada para ser um evento na cidade e país onde acontecem, a fim de atrair turistas de todas os lados, e com a situação atual da Rússia é muito improvável que o evento atraia pessoas para lá.

Na verdade, nem os jogadores se sentiriam seguros indo para um país que está ligado no modo de tensão com outro, e se a mudança não acontecer, muitos problemas ainda vão aumentar, com clubes se negando a ir para jogar lá.
Em comunicado oficial, a UEFA anunciou que marcou uma reunião para falar do assunto.

“Em decorrência da evolução da situação entre Rússia e Ucrânia nas últimas 24 horas, o presidente da UEFA decidiu convocar uma reunião extraordinária do Comitê Executivo para sexta-feira, 25 de fevereiro, às 10h (horário local), para analisar a situação e tomar todas as decisões necessárias. Comunicados futuros serão feitos após a reunião do Comitê Executivo da Uefa” – disse a UEFA em nota.