NETFUT
Notícias de futebol

Expectativa versus Realidade. 5 motivos de decepção em toda história do São Paulo

Nem sempre grandes contratações acabam funcionando de forma tão grandiosa aqui no nosso futebol. Nós, meros torcedores, acabam sendo extremamente passionais, principalmente quando sabemos que um nome grande está vindo para nosso time, e muitas vezes isso só significa se frustrar ainda mais.

Leia: Jogadores Estrangeiros Que Fizeram História no São Paulo

Isso faz lembrar que nós já listamos aqui as piores contratações da história do Corinthians. E recentemente o torcedor São Paulo tem tido a palavra contratação bastante presente em sua vida. Os torcedores questionam desde as contratações desse ano até a contratação de Tiago Volpi, que custou uma fortuna ao time e caiu bruscamente de rendimento.

Por isso, hoje vamos aqui lembrar as 5 piores contratações da história do São Paulo.

Clemente Rodrigues.

Já começamos logo de cara com a expectativa sendo uma das grandes inimigas do São Paulo. Em 2013 o tricolor paulista queria um nome de peso para sua lateral, e acabou trazendo Clemente Rodrigues, um daqueles jogadores famosos por sua raça e que teve ótima passagem pelo Boca Juniors, sendo sondado inclusive por outros clubes.

Isso fez com que uma grande expectativa se criasse, porém o jogador fez o favor de dar um banho de água fria bem cedo nesses torcedores, já que o jogador foi expulso logo em sua partida de estreia.

Somando esse jogo foram apenas 3 partidas com a camisa tricolor, mesmo tendo ficado 2 anos no clube. Boatos de que o jogador se queimou muito internamente.

Negueba

Negueba se mostrou promissor quando era jogador do Flamengo, porém foi por lá mesmo que seu rendimento foi caindo, culminando em uma lesão séria que o tiraria de combate por um bom tempo.

Nesse meio tempo o São Paulo achou que seria uma boa dar uma nova chance ao jogador, e o contratou ainda machucado. Ao todo foram 8 meses para que o jogador se recuperasse e tivesse condições de jogo.

Infelizmente o jogador acabou jogando apenas 5 vezes com a camisa do time e em um ano já deixaria o clube também.

Kieza

Kieza era uma esperança do tricolor para gols. O jogador era um nome conhecido dentro do futebol Brsileiro, no entanto ninguém esperava que o jogador iria sair do São Paulo como saiu. O jogador não gostava da situação que vivia no clube, recebendo menos oportunidades do que achava merecer.

Isso fez com que o jogador desistisse do time e se recusasse a entrar em campo. Uma saída pelas portas dos fundos, e não vai ser a única que veremos por aqui.

Wesley

Wesley poderia estrelar a versão brasileira de “Todo Mundo Odeia o Chris”, isso porque poucos jogadores conseguem ser odiados em tantos clubes quanto ele.

O jogador se tornou um peso negativo dentro do Palmeiras, e para tentar resolver acabou sendo trocado por Michel Bastos, chegando no São Paulo para ter mais paz, mas lá o jogador chegou quase a sofrer agressões pelos torcedores, o que deixa claro como foi sua passagem.

Daniel Alves

Essa era meio óbvia. Daniel Alves é de longe a pior contratação da história do tricolor, afinal, nunca vamos encontrar outro time que tenha contratado um bom lateral que jogou mal no meio de campo e ainda deixou 11 milhões de reais em dívidas para o clube.


Sem opção de comentar este post