NETFUT
Notícias de futebol

Everton Cebolinha de volta ao Brasil? Entenda o caso

A 3 anos atrás, Everton Cebolinha estava no céu. O jogador era constantemente convocado para a seleção brasileira, sendo titular na maioria das vezes, e estava sendo vendido pelo Grêmio para o Benfica de Portugal por 22 milhões de euros, algo em torno de 140 milhões de reais na época.

Porém seu tempo no céu parece ter acabado e o jogador hoje vive uma espécie de inferno astral dentro da equipe. Isso porque o jogador vem em baixa dentro da equipe de Jorge Jesus, sendo pouco escalado e não jogando bem nas poucas chances que recebe.

Isso tem custado a Cebolinha até sua vaga na seleção, uma vez que as pontas são as posições mais disputadas dentro da seleção. Isso somado ao fato de Vinicius Junior, Antony e Raphinha estarem vivendo um grande momento, fizeram com que suas chances até de ir para a Copa tenham caído drasticamente.

Mas o que teria feito o jogador ficar nessa situação com o clube? Vamos falar sobre isso agora.

Queda de rendimento a nível Europeu

Um dos maiores problemas quando se muda para um clube Europeu é o choque que pode ser causado quando se percebe que o futebol de nível Europeu acaba sendo muito mais competitivo que o que se joga dentro do Brasil.

E o Benfica tem visto seus jogadores sentindo isso, como por exemplo Pedrinho. O ex-jogador do Corinthians tem tido sérios problemas em se adaptar, e inclusive já deu entrevistas criticando o modo de Jorge Jesus, treinador do time, trabalhar. Cebolinha pode estar vivendo um problema similar na sua adaptação.

Esquema tático usado pela equipe é diferente

Cebolinha é um ponta de origem, e pela sua característica de drible e velocidade, é difícil imaginar o atleta jogando de qualquer outra forma que não envolva cair pelas pontas com muita velocidade.

O grande problema nisso é que hoje o Benfica mal usa pontos, dando muito mais importância para o meio de campo. Cebolinha talvez até possa jogar como um segundo atacante rápido, como Rony no Palmeiras ou mesmo Michael no Flamengo, mas isso não é o seu forte, é de se imaginar que nesse caso o Mister prefira usar outro jogador em seu lugar, e com isso o jogador tem ficado muito no banco de reservas.

Cebolinha pode voltar ao Brasil?

Sempre que um jogador fica em baixa na Europa, times brasileiros correm desesperados atrás de uma chance de empréstimo para repatriar um grande jogador, e parece que Atlético Mineiro e Palmeiras já monitoram a situação.

Porém um retorno ao nosso futebol no momento é praticamente impossível. O jogador tem contrato com o time até 2025, e seu salário que gira em torno de 1,2 milhão de reais faz com que uma vinda, mesmo que por empréstimo, seja bem difícil. 

Além disso, Jorge Jesus afirma não ter desistido do jogador, e afirma que ele vai receber mais chances. Agora, o máximo que os clubes daqui podem fazer é torcer para que o jogador force uma saída na próxima janela, abaixando seu salário visando recuperar o bom futebol para poder jogar a próxima Copa. Lembrando que a janela de meio de temporada da Europa abre em Janeiro.

O São Paulo será cauteloso com o jogador, ouvindo conselhos do Departamento Médico e fazendo de tudo para que a sua parte física se aprimore, e se o Independiente aceitar o acordo, existem muitas chances do jogador permanecer no tricolor.