NETFUT
Notícias de futebol

Estrangeiros que poderiam assumir a seleção após a Copa de 2022

Recentemente descobrimos que a história de que Xavi poderia assumir a seleção brasileira depois da copa de 2022 era verdade, e que isso só não aconteceu porque o professor decidiu esperar por uma oportunidade no Barcelona, seu time do coração.

Isso levanta uma série de dúvidas quanto a seleção, e a principal delas é se o Tite seguirá como técnico da seleção mesmo que a Copa seja vencida. E se não ficar, será que o plano de ter um estrangeiro no comando segue de pé?

E como sabemos que a CBF lê nossas matérias, vamos ajudar eles na escolha e listar aqui treinadores estrangeiros que poderiam assumir a seleção depois da Copa de 2022.

Zidane

Se formos analisar a ideia de trazer um treinador jovem promissor, podemos apostar logo em um treinador que consegue ser isso e ainda ter 3 Ligas dos Campeões em seu currículo.

O mais irônico, é que Zinedine Zidane é de longe o maior carrasco que já existiu para a seleção brasileira, o que de cara faria com que alguns narizes se torcessem  pela escolha, mas não há dúvida nenhuma de que o Francês é um grande treinador e um grande gestor de elenco, e teria tudo para se dar bem por aqui. Zizu já disse que não tem pressa em voltar a trabalhar e só pegaria um trabalho do começo, o que faria sentido com a seleção.

Pirlo 

Se Xavi cabe na seleção, por que não Pirlo? O princípio poderia ser exatamente o mesmo, colocar o ex-volante como auxiliar de Tite e passar o bastão para ele aos poucos, assumindo de vez a próxima Copa.

O treinador que tinha boas ideias na Juventus teria tempo para se adaptar e entender melhor os jogadores com os quais pode contar, e com sucesso, faria um ótimo trabalho com o meio de campo da seleção, afinal teria ótimos nomes e um conhecimento de causa gigantesco.

Jorge Jesus

Agora vamos com um nome conhecido. É dito por alguns que por mais que faça um bom trabalho no Benfica, existe um limite de até onde Jesus pode ir na Europa. E se isso for verdade, porque não mudar um pouco a direção da carreira e treinar uma seleção?

Jesus já conhece bem a realidade de nossos jogadores, e treina alguns dos melhores hoje como Lucas Veríssimo, e tendo toda a seleção em mãos talvez ele pudesse transferir para ela toda aquela intensidade que vimos o Flamengo jogar enquanto o Mister estava por lá. Sem sombra de dúvidas, um nome que agradaria a maioria dos torcedores.

Guardiola

Por que não realizar um velho sonho da seleção? Transformar em realidade um boato que deu tanta esperança para tantos torcedores?

É verdade que hoje Guardiola está ocupado no Manchester City, mas mais de uma vez foi apontado que o treinador poderia sair do clube, e como estamos falando de um projeto para depois de 2022, talvez até lá ele já esteja de malas prontas e pronto para trazer seu tiki-taka para nossa seleção.