NETFUT
Notícias de futebol

Enchendo os Cofres! Corinthians retoma renda da venda de ingressos de seus jogos

Já faz algum tempo que o Corinthians vem sofrendo um problema que prejudicou demais a renda do Timão nos últimos anos. Graças às complicações financeiras que o time teve, a renda de sua bilheteria passou a ser transferida diretamente para quitar as dívidas com o estádio.

Isso prejudicou de forma gigantesca o orçamento do time alvinegro, uma vez que a bilheteria do time sempre foi o carro forte do orçamento do time por conta de sua torcida em massa.

O assunto acabou sendo esquecido por todos devido a pandemia, já que o público foi proibido nos estádios, e dessa forma todos os times ficaram sem o direito de ter seus torcedores, e por isso também ficaram sem a renda da bilheteria.

Porém, agora praticamente todos os times do Brasil já podem receber ao menos um pedaço de seu público nos estádios, e se o torcedor corinthiano quer uma notícia boa, é a de que o time não só poderá receber o torcedor de volta, como vai poder voltar a ficar com a renda da bilheteria.

Torcida do Corinthians na rodada contra a Chapecoense – foto: divulgação Corinthians

Isso porque o Timão conseguiu chegar a um acordo com a Caixa Econômica Federal, que foi para onde sua renda foi transferida diretamente entre os anos de 2014 e 2020. O acordo ainda não foi assinado de forma oficial, mas as partes concordaram com a ideia de que o time só deve pagar a próxima parcela de seu financiamento em Novembro do ano que vem, algo que o Corinthians ainda tenta postergar para para 2023.

Nesse novo acordo, o financiamento da Arena terá parcelas que deverão ser pagas de forma anual, sendo 17 parcelas de até 38 milhões de reais. Lembrando que no total, o Corinthians deve a Caixa cerca de 568 milhões de reais, dos quais 300 milhões serão pagos diretamente do valor arrecadado dos Naming Rights da arena pagos pela Neo Química durante os próximos 20 anos.

Dessa forma, tecnicamente o Timão passa a dever apenas 269 milhões de reais, estes que devem ser pagos no máximo até 2039.

Os números podem ser até assustadores, mas o que pode assustar ainda mais é saber que o empréstimo que o Corinthians pegou na Caixa a 8 anos atrás foi de 400 milhões, e tudo o que corre além disso são juros.

Para se ter ideia de quão importante para o Corinthians vai ser essa nova entrada de dinheiro aos cofres por conta das bilheterias, na partida realizada contra a equipe da Chapecoense, o Corinthians teve 39,743 mil torcedores presentes, o que fez com que a renda do jogo fosse de 2,2 milhões de reais.

Somando as partidas que o time irá realizar contra o Fortaleza no próximo sábado, contra o Cuiabá no próximo dia 13 e o clássico contra o Santos no dia 21, são calculados que o Corinthians possa arrecadar ao menos 10 milhões de reais somente com a bilheteria apenas neste mês.

É claro que ainda terão reduções de todos os gastos que uma partida precisa ter para acontecer, no entanto, mesmo assim será uma quantia que será muito bem vinda, principalmente para socorrer contas atrasadas, como salários e ações na justiça.


Sem opção de comentar este post