NETFUT
Notícias de futebol

Em última partida antes da Supercopa, Flamengo vence o Madureira fora de casa

Na tarde da última quarta-feira, o Flamengo visitou a equipe do Madureira em jogo válido pelo Campeonato Carioca. E nesse jogo tivemos o Flamengo sendo testado mais uma vez e pela última vez antes da partida da Supercopa do Brasil.

E se a equipe achou que essa seria a formação titular finalmente antes do grande jogo deste começo de temporada, pensou bem errado, isso porque o português Paulo Sousa fez mais um teste, um dos que mais testou jogadores inclusive, e seu time titular segue uma incógnita para todos. Mas vamos aos detalhes da partida.

Susto no começo

A torcida do Flamengo anda um pouco confusa sobre o que o time é atualmente, e muitas vezes essas dúvidas geram irritação. E a irritação ficou ainda mais evidente quando no primeiro tempo, o Madureira conseguiu abrir o placar.

A equipe se aproveitou da desorganização do time adversário para conseguir chegar ao seu primeiro gol fazendo um jogo bem físico com o Rubro Negro. O problema foi que o time não conseguiu manter o mesmo nível o jogo inteiro, e em algum momento isso se tornou um problema que custou a vitória do time, mas o primeiro tempo como um todo acabou sendo dominado pela equipe do Madureira.

Mais testes

E muito da desorganização do Flamengo vem diretamente de não ter um time fixo, rodando muitos jogadores, o que atrapalha na criação do entrosamento. E o setor defensivo novamente teve jogadores que nunca tinham jogado junto até então.

A defesa Rubro-Negra foi composta por Gabriel Noga e Cleiton, que bateram um pouco de cabeça até conseguirem se ajustar.

Além disso, o time teve novamente um meio que nunca tinha jogado junto daquele jeito, e tudo isso acaba fazendo com que os jogadores fiquem um pouco confusos e demorem mais a entrar no jogo.

O banco salva

O Flamengo estava encontrando muitas dificuldades para conseguir furar o bloqueio do Madureira, e vez ou outra ainda via o time fazer mais pressão para ampliar o placar. Foi aí que Paulo Sousa resolveu mudar.

O treinador fez 5 mudanças no time, mandando a campo alguns medalhões e também Bruno Henrique, que estava voltando de lesão. As mudanças surtiram efeito e a virada veio justamente das opções de 3 jogadores que saíram do banco de reservas.

Willian Arão e Everton Ribeiro providenciaram os gols que salvaram o Flamengo na partida, trazendo assim a virada e o alívio, mas não espantando a desconfiança dos torcedores.

Olhar para o futuro

Agora o Flamengo já olha para frente, diretamente para o jogo mais importante do começo da temporada. A partida contra o Atlético Mineiro valendo título vai ter o time principal do Flamengo em campo, o qual ninguém além do treinador sabe quem são.

O que se sabe é que Bruno Henrique voltou bem e tem condições de estar nesse time, mas não da para saber, e a verdade é que o torcedor rubro negro vai as cegas para esse jogo, sem saber nenhuma dica de qual pode ser o time.