NETFUT
Notícias de futebol

Em negociação curta, Marinho é vendido ao Flamengo

Existem negociações que podem se estender por muitas semanas quando estou falando de venda de jogadores entre times brasileiros, e é assim que nascem as novelas do mundo a bola que nós tanto adoramos. E às vezes tudo acaba acontecendo com tanta rapidez que nem temos tempo para que uma novela seja formada.

Dito isso, a venda de Marinho do Santos para o Flamengo tinha tudo para se tornar uma grande novela envolvendo o Flamengo querendo pagar menos, o Santos querendo receber mais, o Al Hilal querendo atravessar o Flamengo, e Marinho querendo sair para onde quer que fosse.

Porém, tudo acabou se resolvendo literalmente de um dia para o outro, e nós vamos falar agora sobre a negociação e porque tudo se deu tão rápido da maneira que foi.

O desejo do Flamengo

É importante dizer primeiramente que o evento que desencadeou a ida de Marinho para o Flamengo foi a venda de Michael para o Al Hilal da Arabia Saudita. O time saudita foi para cima do atacante do time rubro negro, e com uma proposta financeira irrecusável tanto para o time quanto para o atacante, o sim foi questão de tempo.

Porem com um time forte como o Flamengo, ter um reserva a altura do titular é muito importante e Michael foi muito utilizado na temporada passada, dando a entender que esse ano não seria diferente, e por isso o desejo do Flamengo era ter outro atacante, que assim como Michael, tivesse a capacidade de jogar no lugar de Bruno Henrique; No fim, Marinho acabou sendo sendo a escolha do time rubro-negro, que agora vai ter o Mini-Míssel aleatório ao seu lado.

A relação de Marinho com o Santos

Isso acontece enquanto Marinho e a equipe do Santos estão em clima de despedida já algum tempo. O jogador expressou a vontade de deixar o clube publicamente, mas deixou claro que queria que fosse através de uma venda, para que assim o time da Vila Belmiro tivesse ao menos um ganho financeiro com a sua saída.

O jogador almejava sair para algum  time de fora, e chegou a galgar sua própria ida para o futebol das Arábias para receber um alto salário, porém ao invés disso, o jogador recebeu uma proposta para rever um velho sonho de jogador.

Um sonho antigo

Em algumas entrevistas, Marinho sempre comentou sobre o sonho de vestir a camisa do Flamengo, especificamente fazendo um gol com Maracanã lotado. Esse é um sonho bem recorrente de muitos jogadores, e Marinho disse que gostaria de realizá-lo um dia.

O jogador que foi revelado pelo Fluminense jogou em vários times do Brasil mas nunca havia tido a chance de vestir a camisa rubro-negra, e a vontade de realizar o sonho ajudou o jogador a agilizar a negociação.

No fim, o Flamengo pagou 7 milhões de reais para ficar com Marinho, e desse total, 10% vão para o Grêmio pela posse de direitos econômicos dele, e outros 10% para os empresários do jogador.