NETFUT
Notícias de futebol

É Oficial vai dar Palmeiras e Flamengo na final da Libertadores. Como foi o jogo dos rubro-negros?

Na noite desta quarta-feira , o Barcelona de Guayaquil recebeu a equipe do Flamengo em jogo válido pela partida de volta da semifinal da Libertadores. E nesse jogo o Barcelona teria que correr atrás do prejuízo de 2 a 0 conquistados pelo Flamengo no jogo de ida, e o que vimos no lugar foi mais uma grande vitória do Fla na Libertadores.

O Jogo

O jogo não foi moleza como alguns mais confiantes poderiam imaginar que seria. O Barcelona decidiu que iria contra as previsões negativas da imprensa local e resolveu cair lutando, e por isso acabou dando trabalho para Diego Alves, sobretudo durante a primeira etapa do jogo.

Léon e Castillo tentaram, todos parando no goleiro. Porém, quem realmente deu trabalho foi Martinez e foi o que mais exigiu que o goleiro trabalhasse duro para manter o zero no placar para o lado rubro negro.

Porém, mesmo com o time ofensivo criando mais, o time ofensivo novamente se viu encrencado com um nome bem conhecido de todos. Bruno Henrique vinha deixando o protagonismo do campeonato para Gabigol que é o atual artilheiro da competição, no entanto nessa semifinal as coisas foram diferentes.

Everton Ribeiro, que seria outra estrela da noite, encontrou Bruno Henrique em uma ótima bola enfiada, e o atacante com calma limpou o goleiro adversário e mandou para o fundo do gol.

Dali para frente o Flamengo passou a jogar com muito mais calma administrando o resultado que tinha. A esse ponto no agregado já eram 3 a 0, sem contar que um dos gols era fora de casa, e naquele ponto a missão do Barcelona era marcar 4 gols, e qualquer empate tanto no jogo quanto no agregado dava Flamengo por conta do infame gol fora de casa.

Antes que o apito do juiz fosse ouvido, o meia Andreas Pereira ainda carimbou a trave com uma bela finalização , mas mesmo assim o primeiro tempo iria terminar da forma que estava, com 1 a zero no placar.

2º Tempo

Muito atrás no placar, o Barcelona decidiu voltar para o segundo tempo pressionando com tudo o que tinha, mas infelizmente para eles a tática não durou. Logo aos 4 minutos, Gabigol descolou um grande cruzamento para Everton Ribeiro, que com o espírito de meia que dá assistências, poderia ter mandado para o gol, mas preferiu rolar para Bruno Henrique mandar para o gol e marcar seu segundo na partida e quarto na semi como um todo.

Com mais esse gol sofrido o pobre Barcelona precisaria fazer 5 gols sem levar mais nenhum, e obviamente isso pesou nos jogadores que claramente desanimados passaram só a tocar a bola, o que o Flamengo respondeu também apenas tocando a bola, administrando o resultado conquistado até o apito final.
Esse apito final simbolizou a chegada do Flamengo em uma final de Libertadores de novo, e mais do que isso, simbolizou o fato de novamente termos dois brasileiros na final da Libertadores pelo segundo ano consecutivo.

Palmeiras e Flamengo se enfrentam no dia 27 de novembro em jogo único no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.


Sem opção de comentar este post