NETFUT
Notícias de futebol

É oficial! Ole Solskjaer é demitido do comando do Manchester United

Neste final de semana, o Manchester United visitou o Watford, em jogo válido pela Premier League. O time entrou em campo extremamente pressionado graças a todos os resultados ruins que vinha tendo, tanto em sua liga nacional quanto também na Liga dos Campeões, e o resultado foi mais uma goleada.

O time acabou sofrendo um 4 a 1 melancólico, que deixou a torcida em fúria, e a imprensa local de mão cheia para relatar todos os muitos problemas que o time vem tendo. Essa derrota somada a outros resultados ruins que o time vem tendo, fez com que a situação chegasse ao limite, e na manhã do dia seguinte, o time anunciou a saída oficial do treinador.

Vamos falar um pouco mais disso.

Temporada regular, temporada boa, temporada ruim

Uma das coisas que realmente ajudou o United a não esperar mais para trocar de treinador, é o fato de que Ole já está a 3 temporadas no clube. A primeira foi regular, afinal, o treinador começou apenas como um interino, e não fez um trabalho notório, mas também não fez nada desastroso.

A temporada seguinte conseguiu ser boa, com o United sendo vice-líder da Premier na temporada, além é claro de ter eliminado o PSG da Liga dos Campeões. Porém esse ano, mesmo com a vinda de Cristiano Ronaldo e Sancho, o time caiu muito de rendimento, e justamente por essa ser a terceira temporada, deveria ser o ano que o treinador aflorasse, e não foi isso que aconteceu.

As dificuldades de se demitir um ídolo

Para entender o porque foi tão difícil demitir o treinador, é preciso falar primeiramente sobre a lealdade que o ex-jogador do Manchester tem com o clube. É muito comum ver jogadores que passaram por lá e foram importantes demonstrando amor em redes sociais, como Evra,  David Beckham ou Ferdinand, ou mesmo ver alguns trabalhando no clube, como Fletcher e Carrick.

Solskjaer em despedida como jogador, reconhecido por Alex Ferguson – foto: reprodução/internet

Dito isso, Solskjaer é o herói da Champions de 1999, e é extremamente querido por todos em volta por conta de sua personalidade do bem.

Isso tudo fez com que o clube tivesse um grande receio de tirar do clube alguém tão querido e que foi tão importante para o clube em sua história. Foram 5 horas de reunião para que a decisão fosse tomada, e no fim o clube optou por comunicar que a decisão foi tomada em comum acordo, ao invés de uma demissão, para preservar sua imagem.

Jogadores desgastados

Um time mal treinado pode fazer com que até os melhores jogadores tenham desempenhos ruins. Claro que essa lógica não se aplica a Cristiano Ronaldo, afinal, a maioria das lógicas não se aplicam a ele, porém muitos jogadores têm sido queimados pelas últimas partidas.

Maguire tem jogado mal, o que tem rendido muitas críticas. Jogadores como Wan Bissaka e Bruno Fernandes, mesmo sendo inegavelmente grandes jogadores também têm sofrido, e nomes como Sancho e principalmente Van de Beek, mal jogam.

Isso fez com que os jogadores se encontrassem em uma situação muito difícil, de desejar a saída de uma pessoa querida para que pudessem seguir suas carreiras.