NETFUT
Notícias de futebol

Consequências que uma Copa do Mundo a cada 2 anos poderia gerar

Recentemente abriu-se uma discussão sobre a possibilidade de uma copa do mundo ser disputada uma vez a cada dois anos ao invés de uma vez a cada 4, como é atualmente. Para muitos, essa é a vontade da Fifa apenas por uma questão monetária, já que a realização do maior torneio de seleções do planeta traria um grande capital à instituição.

Com isso, várias consequências desse possível novo modelo viriam à tona, com diversas pessoas se mostrando totalmente contrárias à mudança, e hoje vamos citar aqui quais são os maiores problemas que uma copa do mundo a cada 2 anos traria.

Calendário ainda mais apertado

O calendário de compromissos internacionais, isso é, as “Data Fifa” já não são o maior símbolo de organização do mundo, ainda mais quando estamos falando do futebol brasileiro. Agora imaginem como seria se as eliminatórias da Copa tivessem que acontecer em apenas 2 anos? E que nesse meio tempo ainda tivéssemos Copa América e Europa?

Para os treinadores brasileiros, o simples fato de imaginar que perderiam o dobro dos jogadores que já perderam, recentemente, por conta de compromissos com a seleção deve deixar qualquer um de cabelo em pé.

Desequilíbrio com outros esportes e outras modalidades

Com a organização se mantendo extremamente mais exigente por causa do curto tempo para preparação, outras modalidades podem sofrer, como o futebol feminino por exemplo, que precisa de calma para ser organizado para que possa evoluir, e se ele já é mal organizado e sucateado nos dias de hoje, só dá para imaginar quão deixado de lado pelos órgãos elas poderiam ficar para que o foco total seja o masculino.

Isso sem contar outros eventos mundiais como Olimpíadas e Paralimpíadas, que não podem acontecer no mesmo ano tendo que se virar para não conflitarem com uma copa mais recorrente.

Perda da mística da Copa

Uma frase que pode parecer confusa mas é real, é “A coisa mais chata sobre futebol é o futebol em si”, isso quer dizer que o que faz com que bilhões de pessoas ao redor do mundo briguem, chorem e vivam futebol vem da mística em volta, dos clássicos, dos títulos, das histórias construídas.

A copa a cada 4 anos define isso melhor que nunca, com todo mundo contando os dias para que a Copa chegue, e quando chega, o mundo para.

Com uma Copa a cada 2 anos o evento seria banalizado, seria muito mais fácil ser campeão, o que faria com que a taça perdesse a importância e relevância que tem hoje, tornando tudo menos grandioso.

O futebol brasileiro sofreria mais do que todos os outros

Já citamos o calendário, mas precisamos falar de forma específica sobre o nosso futebol. Seria frustante que o time mais forte do campeonato não fosse campeão, por sempre estar perdendo seus jogos para as seleções de forma constante.

Imagine por exemplo, um Flamengo tendo que jogar mais jogos sem Gabigol, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Isla e talvez Bruno Henrique e Pedro, caso recebessem “chances”? Algo muito plausível, já que o nosso futebol nunca respeitou as datas Fifa.


Sem opção de comentar este post