NETFUT
Notícias de futebol

Com mágoa nas palavras, Patrick se despede do Internacional

Deixar um clube não é fácil, independente de quanto tempo o jogador tenha passado lá, sempre é tempo o suficiente para fazer conexões com pessoas de lá. E não estamos nem falando da tradicional conexão com a torcida, mas sim de convivência com pessoas.

Às vezes podemos esquecer que um clube de futebol é composto por faxineiros, pessoas que trabalham na cozinha, na área médica, enfim, muitos e muitos seres humanos para se conectar.

Isso torna a despedida ainda mais difícil, e é isso que Patrick, meia e agora ex-jogador do Internacional e mais novo reforço do São Paulo está passando.

O jogador que ficou no Colorado por 4 temporadas se despediu do clube com clara mágoa em suas palavras, deixando claro que trocar de clube não é uma iniciativa que veio dele, dando a entender que o jogador foi forçado a sair.

– Momento difícil. Não estava querendo me despedir, mas é a vida. Hoje me despeço do clube que mais tempo defendi. Foram quatro temporadas onde vivemos de tudo um pouco. Infelizmente, não fomos felizes juntos por alguns erros inaceitáveis.

Sabe-se que o clima entre jogador e clube não vinha bem por conta da temporada irregular que Patrick fez em 2021, vindo de sua melhor amparada no clube em 2020.

O que não ajudou nenhum pouco foi um áudio que vazou no ano passado de um funcionário do clube que era conhecido por todos ali dizer que alguns jogadores “velhos” devem ir embora, e o nome de Patrick é citado durante a conversa no áudio.

Com a vontade do Internacional de se livrar o jogador, Patrick acabou fechando com o São Paulo, e agora que já se despediu devidamente do Internacional e de seus ex-companheiros, o jogador vai se apresentar ao novo clube.