NETFUT
Notícias de futebol

Chapecoense pode falir e fechar as portas. Entenda o caso

Se existe uma coisa que torcedores do Brasil todo tem que entender e aceitar, é que não existe time no Brasil que não esteja endividado. Todos os times considerados grandes têm dívidas de certa maneira, e a única coisa que difere um do outro é o poder de apagar o fogo antes que ele os queimem.

Para se ter ideia, até 2020 o Palmeiras tinha mais de 500 milhões de reais em dívidas, o Flamengo quase 700 milhões, e o Atlético Mineiro, que atualmente é o time mais endividado do Brasil, 1,2 bilhão.

A única diferença desses times para times como o Cruzeiro por exemplo, é que eles tem receita para pagar as dívidas que lhes trariam prejuízo real, como Transfer Ban e afins.

O time que não está conseguindo fazer a mesma coisa é a Chapecoense. A Chape está passando pela maior crise financeira de sua história, algo que de certa forma ainda é um eco da tragédia sofrida pelo time a alguns anos, mas que também é fruto de má administração.

As dívidas da equipe ultrapassam 100 milhões de reais, e o time não consegue ter receita para poder subir os custos que o time mais precisa honrar, aqueles citados que fazem o clube andar, com isso o clube corre risco real de entrar em falência e deixar de existir.

A situação é tão delicada que o time foi até a justiça pedir pela chamada “Recuperação Judicial”. Essa é uma maneira de fazer com que as dívidas dos clubes tenham seus pagamentos adiados, assim o clube tem um tempo para se reorganizar sem o risco e bloqueios ou outras punições pelas dívidas.

Se isso vai ser suficiente para salvar a Chape é difícil dizer, mas como o próprio presidente da equipe disse, atualmente, infelizmente, o time está em estado vegetativo.