NETFUT
Notícias de futebol

Ceni elogia meio campo do São Paulo na vitória contra Corinthians e define objetivos para o Brasileirão.

O Majestoso acabou trazendo frutos positivos para Rogério Ceni nesse início de trabalho de volta ao seu time de coração, o São Paulo. O ex-goleiro precisava de um ânimo a mais para ter confiança total em seu trabalho, e felizmente para ele nada traz mais confiança do que uma vitória em um clássico.

Mais do que o resultado, o que importa muito para o São Paulo nesta partida é o contexto, uma vez que o time vinha de partidas ruins, mesmo quando conseguia somar pontos, e dessa vez a vitória veio com uma partida muito boa da grande maioria dos jogadores.

 O sucesso começa por um bom meio de campo

O destaque acabou ficando para o meio de campo, que teve Igor Gomes e Gabriel Sara comandando o que acontecia no jogo, sendo extremamente importantes, tanto ofensivamente, quanto defensivamente.

Igor Gomes, Gabriel Sara e Toró em seus tempos de base do São Paulo

E isso não passou despercebido aos olhos do treinador, que rasgou elogios ao meio do time dizendo:

– O meio-campo vejo como a energia desse time. Liziero, Igor Gomes e Sara são os motores do time. Lógico que cada atleta tem sua função, mas nesse setor os três jogadores têm muita força física. O Benítez, o Luciano e o Calleri… não temos velocistas.

– Esses garotos que fazem o papel do toque de bola rápido, parede, ultrapassar… Reinaldo, Orejuela. Igor Gomes fez partidaça, Liziero e Sara enquanto tiveram fôlego… Essencial para esse esquema de jogo – completou Rogério.

Com a vitória desse jogo e um pequeno salto na tabela, os torcedores já começam a se questionar até onde esse time pode jogar. Claro que a missão inicial é se afastar o máximo possível da bagunça que é a parte debaixo da tabela para evitar qualquer tipo de susto, mas o time já se permite pensar em mais do que isso.

Quanto a isso Rogério vê a pré Libertadores como objetivo, mas prefere pensar jogo a jogo dizendo não pretender ficar fazendo as contas, mas que o lógico é de chegar a uma pré-libertadores. levando em consideração o que o ano inteiro significou, seria uma ótimo fechamento para o clube, que vinha mal na tabela.

Calleri deixa dúvidas?

O treinador destacou a lesão do jogador e com certeza deve ter ficado preocupado com a situação do jogador já, que além dele, Rigoni também desfalca a equipe e nesse momento o que qualquer time brasileiro não quer é desfalques.

Rogério comentou o seguinte:

– Vamos avaliar o Calleri, provavelmente com uma lesão, Rigoni não pode voltar, Luan fora também. Vamos ver como montar o time contra o Bragantino. Não adianta fazer uma projeção ainda. Gol não é fruto do trabalho de hoje, é fruto do trabalho de ontem, anteontem. Hoje foi só bola parada ofensiva e defensiva, o que nos fez melhores do que contra o Ceará.

Como citado por Rogério, sua próxima partida dentro do Brasileirão vai ser contra a equipe do Bragantino, jogo que vai acontecer no próximo domingo no estádio do Massa Bruta.


Sem opção de comentar este post