NETFUT
Notícias de futebol

Caso Greenwood: o que sabemos até o momento?

Como todos devem se lembrar, Mason Greenwood, jogador do Manchester United, foi preso acusado de violência domestica e estupro, uma acusação feita por sua então namorada, Harriet Robson.

O caso é extremamente delicado, com diversas evidências levando a crer que a acusação é real, o que levou o jogador a ser detido, e posteriormente ser totalmente suspenso do Manchester United até que o jogador seja dado como inocente. Mas muita coisa aconteceu do momento em que ele foi preso até agora, então vamos levantar aqui tudo o que já se sabe sobre o caso.

As evidências

Tudo joga contra o jogador nesse momento, e as evidências existentes são extremamente concretas. A vítima tem um vídeo onde aparece ensanguentada e cheia de hematomas, e além disso tem um áudio onde pode-se ouvir claramente o seguinte diálogo:

Greenwood: Abre as penas

Vítima: Eu não quero fazer sexo contigo

Greenwood: Estou cagando para o que tu quer ou não. No início pedi com educação. Me empurre mais uma vez para ver o que acontece.

Isso é uma situação muito parecida com o do caso Robinho, onde o jogador acabou praticamente se entregando, afirmando que havia cometido atos de estupro contra a vítima em uma áudio.

Postura firme do Manchester United

O Manchester United tem se mostrado bem firme durante os acontecimentos, em nenhum momento tentando defender o jogador ou minimizar as acusações, o que é uma preocupação real nos dias de hoje. O time inclusive se negou a dar suporte legal ao jogador, fazendo com que ele tenha que ter advogados particulares para cuidar do assunto.

O time suspendeu o jogador e o proibiu de entrar no clube enquanto as investigações não forem concluídas. Inicialmente entendeu-se que a suspensão era enquanto ele estivesse preso, mas mesmo agora em liberdade após ter pago a fiança, o jogador segue proibido de entrar nas portas do clube, e assim vai ser até que ele seja provado inocente do caso.

As consequências

Greenwood virou assunto dentro do clube, como o próprio treinador do time, Ralf Rangnick afirmou, explicando que todos ali são seres humanos e era impossível não acontecer desta maneira.

Alguns foram mais longes, e pararam de seguir o jogador em suas redes sociais. Jogadores como Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes, Pogba, Maguire, Rashford e muitos outros.

Além disso, o jogador também teve seu contrato com a Nike suspenso, com a marca afirmando que está ciente e acompanhando as investigações, e que o contrato está suspenso até que o jogador se prove inocente.

Vale lembrar ainda que o Manchester United se dispôs a trocar gratuitamente qualquer camisa com o nome do jogador que seus torcedores tenham, tendo apenas que ir até a loja oficial do clube, entregar a camisa do jogador e escolher uma nova.

O game FIFA 2021 também retirou o jogador das plataformas off-line, e o jogador segue também suspenso da seleção inglesa até que as investigações sejam concluídas, afirma o próprio técnico da seleção.