NETFUT
Notícias de futebol

Brasileiros de outras seleções! Conheça 5 jogadores brazucas que defendem outro país no futebol

As semanas recorrentes marcaram uma série de acontecimentos inusitados no futebol brasileiro, com destaque para a seleção que, sob os comandos de Tite, precisou se reinventar e encontrar peças aqui no Brasil para que pudessem servir ao país nas eliminatórias da Copa Do Mundo e ainda, no final de tudo, podendo jogar apenas dois dos três jogos oficiais que estavam marcados para as datas Fifa, por conta de irregularidades no elenco argentino.

Fora isso, teve chileno deixando a concentração de seu país, alegando estar com o coração dividido, declarações polêmicas envolvendo o jogador Daniel Alves, impedimento de um jogo clássico entre Brasil e Argentina, dentre tantas outras coisas.

Leia: Brasil Bate o Peru e jogo tem novo marco histórico para Neymar

Com todo este contratempo, o treinador precisou correr atrás de nomes alternativos para substituir as perdas que teve, e a cereja no bolo, talvez a mais inesperada delas, foi ouvir um não do jogador brasileiro Matheus Nunes, que recusou a seleção brasileira por uma vontade de defender a seleção de Portugal, da qual o jogador foi imediatamente convocado e já até marcou.

Isso nos lembra que existem muitos outros casos de jogadores brasileiros que defenderam outras seleções, seja por afinidade, por dinheiro apenas ou reconhecimento, todos devem ser respeitados dentro e fora das quatro linhas. Vamos falar de alguns aqui hoje.

Rafael Tolói

O torcedor são paulino com certeza se lembra desse jogador e, é provável, que na época não imaginavam que o zagueiro iria fazer o sucesso que fez jogando pelo futebol italiano, mais especificamente na Atalanta. Tolói deu muito certo no time, colecionando jogos bons não só no Campeonato Italiano como também na Champions League, na qual, ajudou o time a ir longe ao ponto de que ele fosse convidado a defender as cores da Azzurra, a seleção italiana, aceitando portanto o convite.

Thiago Alcântara

Aqui temos não só um brasileiro, filho de outro brasileiro ídolo. Thiago é filho de Mazinho, mas acabou nascendo na Itália e hoje defende a seleção da Espanha. Pode parecer um pouco confuso, mas fato é, que o jogador cresceu muito no cenário Europeu nas últimas temporadas, sendo considerado um dos melhores por onde passou e hoje é peça chave dentro da seleção da Espanha.

Elkeson

Agora temos um que mergulhou de cabeça nessa história de defender outra nacionalidade, a ponto do jogador mudar até o nome para se encaixar na cultura.

O antes Elkeson e agora Ai Kesen, tem 30 anos e atualmente defende o Guangzhou Evergrande, e mais do que isso defende a seleção chinesa de futebol. O jogador foi naturalizado no país em que joga no ano de 2019, e por acaso também é o maior artilheiro da liga de lá.

O jogador entendeu que não teria boas chances na seleção brasileira, muito por conta do alto número de bons atacantes que temos, após receber o convite do país para representar as cores Chinesas, ele aceitou.

Pepe

Esse é famoso, e mesmo aos 38 anos ainda é titular da seleção portuguesa, jogando ao lado de Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes e muitos outros, o zagueiro que nasceu em Maceió e que é famoso por ser bem duro em seu estilo de marcar, brilhou pelo Real Madrid por muitos anos. Sem dúvidas um dos maiores zagueiros de toda a história que não atuou pela nossa seleção, mas dá muita alegria para nossos amigos portugueses.

Jorginho

Decidimos deixar por último o, agora, melhor jogador da Europa e campeão da Champions League, e claro, campeão também da Euro defendendo a Itália. Apesar de estar conquistando os principais prêmios de sua carreira na Premier League como jogador do Chelsea, o jogador passou 10 anos de sua carreira na Itália onde se apaixonou pelo país e se tornou parte da seleção. Uma sábia decisão dos dois lados.


Sem opção de comentar este post