NETFUT
Notícias de futebol

Bragantino faz história, vence o Libertad e vai para a grande final da Sul-Americana

Na noite desta quarta-feira o Libertad do Paraguai recebeu a equipe do RB Bragantino em jogo válido pela partida de volta da semifinal da Copa Sul-Americana. E nesse jogo o Bragantino veio lutar para uma conquista inédita: conseguir se classificar para a grande final de seu primeiro torneio continental.

O Jogo

1º Tempo

O Libertad entrou em campo sabendo que tinha um prejuízo para correr atrás, e aproveitou de seu estádio para criar mais forças e ir para cima do Bragantino. O time brasileiro entendeu que esse seria o tipo de jogo dos donos da casa e achou melhor esperar por contra-ataques para agir.

A ideia de se defender e procurar espaços no contra-golpe funcionaram muito bem e logo aos 8 minutos de jogo, Cuello recebeu uma bola, fez a sua jogada individual e em um chute cruzado de fora da área o jogador mandou para o fundo das redes.

O Libertad pareceu ter sofrido um pouco do gol, o time passou a ser mais afobado no setor ofensivo, mas mesmo assim teve a chance de igualar o placar logo aos 14 minutos, quando Fabrício Bruno acertou o rosto de Oscar Cardozo com seu braço.

A cobrança foi por conta de Diego Vieira, jogador que acabou vendo Celiton fazer uma grande cobrança na partida e manter o time sem tomar gols. Cleiton inclusive foi uma das grandes estrelas da noite, tendo feito muitas outras defesas difíceis durante o jogo, e ajudando o primeiro tempo a terminar com 1 a zero no placar.

2º Tempo

Para a segunda etapa, os planos do Libertad tinham que seguir os mesmos da primeira, afinal, o time precisava mais ainda diminuir a vantagem que o Massa Bruta tinha. No entanto, dessa vez a tática teria um bom efeito e logo aos seis minutos Hugo Marinez, encontrou Melgarejo na área para diminuir o placar na partida.

O gol deu ânimo para o Libertad e o time veio mais ainda para cima, e deram trabalho novamente para o goleiro Cleiton que teve que fazer por duas vezes seguidas grandes defesas.

Porém a história se repetiria e mesmo os donos da casa atacando mais, os visitantes chegaram ao gol. Logo aos 11 minutos do segundo tempo Arthur encontra Cuello dentro da área para bater cruzado e mandar para o fundo do gol.

Novamente o Libertad sentiu o gol, e dessa vez pareceu ter perdido de vez o ímpeto de vencer, e quem tentou se aproveitar disso foi o próprio Bragantino. O Braga tentou avançar para fazer o gol que mataria a partida, e foi exatamente o que iria conseguir aos 37 minutos do segundo tempo. Foi nessa jogada que Arthur recebeu um bom lançamento de Luan Candido, aproveitando para bater rasteiro e colocar o resultado final que a partida teria.

E Agora?

Com o resultado, o Braga vai para a grande final contra o Athletico Paranaense, que se classificou na noite de ontem com o placar integrado de 2 a 1 sobre o Peñarol. Assim como na libertadores, na Sul-Ameriacana teremos dois times brasileiros na briga final.