NETFUT
Notícias de futebol

Bastidores do Cruzeiro: Empresário de Felipão diz que chegou faltar comida no clube.

Já é público a muito tempo todos os problemas que o Cruzeiro tem na atualidade. Quase todo dia um novo problema vem à tona e o time precisa lidar diretamente com ele, enquanto luta para voltar para a série A e não cair para a Série C.

No entanto, também não é estranho ver fantasmas do passado voltando para assombrar a Raposa. Vez ou outra surge alguém do passado tenebroso do time para contar mais histórias de bastidores que evidenciam ainda mais todos os problemas que a equipe teve.

Dessa vez foi o empresário Jorge Machado que veio a público comentar situações que o clube passou. Para quem não sabe, Jorge Machado é empresário do treinador Luiz Felipe Scolari, que treinou a equipe do Cruzeiro durante um curto período de tempo entre 2020 e 2021.

A passagem do treinador pelo clube não foi gloriosa mas também não foi desastrosa, uma vez que o treinador cumpriu seu papel e não deixou que o time fosse rebaixado para a série C, no entanto, segundo o empresário, o treinador viu muita coisa séria por lá.

Primeiro Jorge afirmou que o clube mal tinha dinheiro para as viagens, dizendo:

-O Cruzeiro está totalmente quebrado, não tenho nenhum receio de falar, eles não cumpriram nada, mentiram, foi uma diretoria mentirosa, falaram que bancariam o Felipão e a situação do plantel, mas o clube ficou com salários atrasados, falta de pagamento de funcionários, teve época que o Felipão teve que tirar do próprio bolso para pagar passagens para os jogadores viajarem.

Jorge também apontou diversos problemas políticos internos no clube, com pessoas lá dentro fazendo promessas para os jogadores e para Felipão, deixando o clube poucos dias depois das promessas serem feitas.

Segundo o empresário, houveram muitas promessas no momento da contratação de Felipão referentes a supostos patrocinadores, que na verdade nunca foram cumpridas, deixando técnico e time a merce dos problemas.

Apesar disso tudo e das palavras duras, Jorge chegou a defender a gestão atual do Cruzeiro, que hoje tem Sérgio Santos Rodrigues como presidente. O empresário chegou a comentar que a situação atual do clube não é culpa de quem está lá hoje. Dizendo:

– O atual presidente não tem culpa disso. As pessoas deixaram o Cruzeiro desta forma.
É uma pessoa que trabalha muito, tenta e não consegue. Ele deve estar fazendo uma palestra (em Portugal) de como não se deve fazer, porque foi o que deixaram para ele. Ele é um cara do bem, que não tinha experiência e jogaram a bomba nele e ele pegou.

Vale lembrar que o Cruzeiro ainda acumula dívidas, e apesar de não parecer que vai cair, o time também está muito distante de qualquer chance de acesso à elite do futebol novamente, indo já para seu terceiro ano consecutivo disputando a Série C, e com todos os problemas isso ainda deve se manter por mais tempo.

Sem opção de comentar este post