NETFUT
Notícias de futebol

Atlético-MG passa o carro em cima do Fortaleza e põe pé na final

Na noite desta quarta-feira, o Atlético Mineiro recebeu a equipe do Fortaleza em jogo de ida válido pela semifinal da Copa do Brasil, em jogo realizado no Mineirão. E o que vimos nesse jogo foi o Atlético Mineiro mostrando o melhor de seu poderio ofensivo, marcando 4 gols e não levando nenhum.

O massacre que vimos teve início a todo vapor, e apesar da goleada foi o Fortaleza que começou quase marcando, com Felipe sendo o autor das duas, mas não conseguindo mandar a bola para o fundo das redes.

Aos poucos o Atlético Mineiro foi encontrando a melhor forma de lidar com o Leão do Pici, e quando conseguiu finalmente ter a posse de bola, o massacre começou. O time percebeu o quanto as laterais dos visitantes ficaram frágeis com os times se lançando ao ataque principalmente pelas alas, o que custou caro.

O Jogo

Começou com o lateral esquerdo Guilherme Arana que estava ligeiro na jogada pegar o rebote de uma falta que Hulk mandou no gol com toda a força. O lateral ainda contou com uma imensa ajuda da sorte, já que sua finalização desviou em Yago Pikachu antes de morrer no fundo gol.

O primeiro gol foi o que desestabilizou de vez os visitantes, e logo em cima, pouquíssimos minutos depois, Keno bateu bem o escanteio de força fechada, que encontrou Réver de cabeça, e seu cabeceio acertou Felipe, que não conseguir impedir o 2 a 0 de entrar no placar.

E novamente, não muito tempo depois assim como foi do primeiro para o segundo, Keno novamente conseguiu fazer uma bela jogada, que passou para Zaracho receber pelas costas de Jussa e encontrar Hulk que pode subir sozinho para mandar para o fundo das redes e fazer 3 a 0 para o Galo, tudo isso apenas durante o segundo tempo.

O segundo tempo seria um terror psicológico para  o Fortaleza, que sabia que já seria tarefa fácil conseguir reverter esse placar, porém precisava também pensar em como não tomar mais gols.

Essa última parte eles realmente não souberam bem como fazer, já que, ainda no segundo minuto do segundo tempo, Arana cruzou na área, e depois de Felipe afastar, Zaracho fez um gol incrível, pegando de primeira e ainda de cobertura.

Dali para frente, apesar de ainda ser dominante, o Galo passou a ir mais devagar, administrando a partida. O Fortaleza por outro lado queria continuar lutando, e até mexeu bastante em quem estava em campo, no entanto, tudo o que o time fazia parecia ineficaz.

Ao invés disso, o Galo passou a levar ainda mais perigo para o gol, e passou muito perto de fazer o quinto e sexto, ambos com Keno que fez uma partida incrível, mas o jogo acabaria com o placar de 4 a 0 mesmo. E se tem algo que pode ser considerado o único problema do Galo nesse jogo, foi o fato de Hulk ter machucado um dedo da mão após um pisão.

A partida de volta será na quarta que vem, dessa vez no estádio do Fortaleza, que vai precisar de algo bem próximo de um milagre para conseguir reverter essa partida.


Sem opção de comentar este post