NETFUT
Notícias de futebol

Atacante brasileiro desembarca no Brasil e ajuda brasileiros a fugirem da guerra

Junior Moraes assim como outros jogadores brasileiros que partem para seguir carreira no futebol fora do Brasil, vivia um drama de tentar sair da Ucrânia, país que atualmente vive um conflito com a Rússia já alguns dias.

Morando a cerca de 10 anos e também naturalizado na Ucrânia, o atleta que atuava pelo Shakhtar Donetsk temia ser convocado pelas forças de resistência ucranianas e por fim não conseguir mais regressar para sua casa e família aqui no Brasil.

Junior Moraes, Shakhtar Donetsk – foto: reprodução

Emocionado o jogador desembarcou no Aeroporto de Guarulhos, nesta quinta-feira pela manhã e com choro abraçou sua esposa e filhos que o aguardavam ansiosos.

Com muitos conhecidos seus e próximos de seu convívio, Junior agiu muito rápido e de dentro de bunker de um hotel em Kiev, o jogador foi um guia para outros brasileiros que também estavam escondidos com suas famílias, inclusive crianças. O jogador relata com detalhes os sentimentos de insegurança e incertezas que viveu desde o primeiro dia da invasão dos russos ao país.

– Só pensei em ajudar a tirar o pessoal de lá. Tinha muito bebê, muita criança, todo mundo muito assustado.(…) Eu ficava o tempo todo tentando achar uma solução, uma saída, tentando achar leite para as crianças, fraldas. Para passar à minha família que eu estava bem, eu virava para uma parede, tirava uma foto, dava um sorriso e dizia: “Ó, tá tudo OK”.

O atacante apesar de mostrar forças foi enfático ao afirmar que sua força vinha de Deus, através de suas orações e momentos a sós com Ele.

– Eu não fui forte em nenhum momento. Em vários momentos, quando estava no limite, eu me escondia no banheiro ou me trancava no quarto, orava, pedia força para Deus, porque eu não podia fazer isso na frente de ninguém.