NETFUT
Notícias de futebol

As melhores contratações da história de times brasileiros

Um bom time sabe como contratar. Claro que isso não é fácil, e aqui no Brasil os clubes costumam gastar pouco já que não costumam ter muita sorte quando decidem gastar muito.

No entanto, uma boa contratação nem sempre é a mais cara, uma boa contratação é o jogador que mais traz benefícios a um clube, independente de quanto ele custou para começo de conversa.

E hoje nós decidimos trazer uma lista com algumas das melhores contratações da história dos times brasileiros.

Corinthians: Marcelinho Carioca.

É estranho lembrar disso, mas Marcelinho não começou no Corinthians, afinal ele é carioca. Marcelinho começou sua carreira no Flamengo, onde ficou até 1994, quando foi contratado pelo Corinthians.

O jogador já confessou publicamente que não tinha o menor interesse em vir para o futebol paulista, e que queria seguir realizando o sonho de jogar pelo Flamengo dentro de um Maracanã lotado, e que até sabia bem pouco sobre os times da capital paulista. 

No entanto, a sua vinda acabou se tornando a melhor coisa que o jogador fez em toda carreira, já que pelo Corinthians o atacante ganhou tudo o que poderia, e foi uma contratação melhor do que jogadores mais caros como Pato, e até do que Tévez que também jogou muito bem.

Atlético Mineiro: Victor

O Galo andou contratando bastante ultimamente. Hulk, Diego Costa, Nacho, Vargas, e podemos até lembrar também de nomes mais antigos, como a vinda de Diego Tardelli diretamente do Flamengo em 2009, ou mesmo Ronaldinho.

No entanto, se somar o custo da contratação mais o tanto de retorno que o jogador deu ao clube, nenhum consegue bater o goleiro Victor. O goleiro esteve presente tanto na Copa do Brasil quanto na Libertadores, onde foi o maior herói, e tudo isso em uma única passagem, diferente por exemplo de Tardelli que foi e voltou do clube mais de uma vez.

Internacional: D’alessandro

Foram longos 12 anos. Esse foi o tempo da primeira passagem do jogador pelo time colorado, e já que estamos falando única e exclusivamente de jogadores contratados, é sempre bom lembrar que existem diversos jogadores de base que não duram tudo o que o argentino durou dentro do clube.

Inclusive tendo também vencido tudo o que podia vencer pelo clube, e sendo não só o maior estrangeiro da história do clube, como um dos maiores que já passaram pelo futebol brasileiro no geral também.

Botafogo: Garrincha

Manoel Francisco dos Santos/Mané Garrincha ao lado de Pelé

Aqui uma surpresa chocante para a maioria dos torcedores mais jovens: Garrincha não é jogador da base do Botafogo. O jogador na verdade começou sua carreira no Serrano, em 1953, e um ano depois foi comprado pelo Botafogo onde jogou o resto de sua carreira.

É difícil imaginar que se o Botafogo não tivesse enxergado além das pernas tortas do jogador e confiado em seu talento, boa parte da história do clube não teria acontecido da forma que aconteceu, e não da pra saber ao certo se algum outro clube teria dado a chance que o Fogão deu para o jogador, mudando sua vida para sempre.


Sem opção de comentar este post