NETFUT
Notícias de futebol

As contratações mais inesperadas do futebol brasileiro

O nosso futebol vende mais do que compra, mas quando compra é para chamar atenção. O histórico de jogadores que chegam mostra isso muito bem. E entenda, não estamos falando de grandes jogadores chegando aqui como Willian no Corinthians ou David Luiz no Flamengo.

Nós estamos falando das realmente inesperadas, contratações sem pé e nem cabeça que ninguém poderia prever. E acredite, elas existem e não são poucas. E hoje nós vamos listar aqui as contratações mais inesperadas do futebol brasileiro.

Petkovic no Vitória

 

Vamos refletir um pouco sobre Pet nessa história. Nós brasileiros temos um ex-jogador com uma história gigantesca no país sendo ídolo do Flamengo, e ele é Sérvio e jogou no Real Madrid. O que é mais bizarro que isso? Ele vir para o Vitória diretamente do Real Madrid.

Isso é algo estranho para a época e segue algo estranho nos dias de hoje, mas o time merengue emprestou Pet ao Vitória, onde ele começou sua grande escalada no nosso futebol.

Já pensou se no dia de hoje, o Vitória pega um jogador reserva do Real como o Isco por exemplo?

Adriano no Athletico-PR

Didico teve um final de carreira muito conturbado. Conturbado e longo, já que podemos dizer que seu fim de carreira durou alguns anos e alguns clubes. O mais maluco dele sem sombra de dúvidas foi Athlético-PR. E não se enganem, sua ida para o Corinthians também não foi das mais normais, no entanto como Ronaldo já havia passado por lá trazia um ar de normalidade maior.

Porém no furacão ele chegou dois anos depois de seu retorno ao Flamengo não dar certo. O jogador treinou no CT do Furacão, e ali acabou sendo contratado, e pelo time foram 2 jogos, 1 gol e a sua história acabaria ali.

Ricardo Goulart no Palmeiras

Em dado momento, o Palmeiras pareceu o time que conseguiria o melhor jogador possível vindo da liga chinesa. Todos se lembravam o quanto ele havia jogado pelo Cruzeiro, e as expectativas eram altas. E ele as cumpriu durante 1 mês, e depois se lesionou. Esse meio tempo da lesão a China voltou com uma nova proposta, uma que envolvia mais dinheiro ainda e que pedia que ele se naturalizasse  chinês para poder jogar pela seleção, ao qual o jogador aceitou, e em um período de 3 meses ele chegou, jogou e partiu novamente, e por lá está até hoje.

Cueva no Santos

Até agora, o peso que usamos para decidir quem estava na lista foram contratações que foram inesperadas por serem peculiares, mas agora agora vamos falar de uma que é inesperada por parecer maluquice.

Cueva não jogou bem de verdade em nenhum clube pelo qual passou, e estava novamente não jogando bem no Krasnodar da Rússia quando o Santos, a pedido do presidente da época, contratou o jogador por mais de 20 milhões, e não existe um só santista na terra que entenda o porquê isso aconteceu e que não tenha ficado revoltado com essa situação.