NETFUT
Notícias de futebol

As 5 piores contratações do Fluminense

O Fluminense tem tentado acertar o passo dentro do Campeonato Brasileiro. O time vem se recuperando de um grande problema financeiro que teve nos últimos anos, muitos deles causados após contratações mal planejadas que acabaram trazendo prejuízo para o time.

E hoje nós vamos lembrar algumas das apostas mais erradas feitas pelo tricolor das laranjeiras, lembrando de algumas das piores contratações já feitas na história do clube.

Guillermo De Amores

Vamos começar jogando a culpa de uma das contratações no colo dos torcedores. Não é sempre, mas às vezes a torcida tem sua parcela de culpa em alguns dos problemas que assolam um time.

Nesse caso a torcida infernizou a vida da diretoria pedindo a contratação do goleiro Guillermo De Amores que atuava pelo Liverpool do Uruguai, e teve seu pedido atendido. O problema é que assim que chegou no clube o jogador sofreu uma lesão gravíssima.

No fim o jogador nunca entrou em campo pelo time, e ainda está processando o Flu alegando negligência médica. Um desastre completo.

Robinho

Agora vamos falar de investimentos furados. Quanto de dinheiro você já perdeu de uma vez? O Flu perdeu 8 milhões quando comprou o jogador Robinho, que veio do Figueirense sendo uma promessa de titularidade absoluta.

Ao invés disso, o jogador passou todo seu contrato dentro do clube sendo emprestado para todos os lados, rodando pelo Brasil todo sem trazer de volta sequer 1 centavo dos 8 milhões de reais investidos nele.

Fabricio

Poucos jogadores tão marcados negativamente no coração tricolor da mesma forma que Fabrício está. O jogador foi protagonista de um dos maiores vexames da história do clube. Uma remontada sofrida que daria inveja até no PSG.

O Flu venceu o América-RN por 3 a 0 no jogo de ida da Copa do Brasil de 2014, só para depois sofrer 5 a 2, com Fabrício falhando em todos os gols do jogo, e foram muitos gols. Dali para frente foi uma falha atrás da outra nos jogos seguintes.

Agenor

Agenor traz a público uma discussão muito importante para o futebol brasileiro: A negligência dos times com suas categorias de base, isso porque o tricolor contratou o goleiro quando precisava de forças no gol. Na época, o goleiro que hoje é titular do time, Marcos Felipe, já estava no elenco, apenas esperando uma oportunidade.

Ao invés disso, a diretoria achou melhor trazer Agenor, goleiro que parece nunca ter conseguido ter uma boa forma física em sua passagem. Além da barriga, Agenor também protagonizou falhas e expulsões em seu tempo no clube. Se a diretoria soubesse o potencial de Marcos Felipe já nessa época, muita dor de cabeça teria sido evitada.

Ronaldinho Gaúcho

O Bruxo pode ser amado em muitos lugares, mas no Fluminense com certeza ele não é. O Flu apostou no jogador que já vinha em decadência, com a esperança de sua estrela brilhar de novo. Ao invés disso foram treinos faltados, um clima ruim com Fred e 7 jogos sem nenhum gol ou assistência. Com certeza o maior rolê aleatório da carreira do jogador, e o maior desperdício de dinheiro da história do Flu.