NETFUT
Notícias de futebol

As 5 maiores bizarrices da rodada de número 28 do brasileirão.

A vigésima oitava rodada do campeonato brasileiro se foi, e tiveram muitos jogos interessantes. No entanto, não é apenas de jogos bonitos, gols e lances de efeito que vive no nosso futebol.

Sempre temos espaço para bizarrices, que sempre acontecem rodada após rodada em ao menos um jogo, e podemos dizer que nessa rodada tivemos um número considerável de acontecimentos, e por isso decidimos listar aqui as 5 maiores bizarrices da rodada de número 28 do Brasileirão.

Um frango para Cássio

Cássio é um goleiro de 8 ou 80. O jogador pode ser o grande herói de uma final, ou pode tomar um gol tão amador quanto um goleiro que acabou de subir para o profissional. E dessa vez, o torcedor teve que passar raiva com o goleiro falhando no gol marcado por Gustavo Maia. O atacante arriscou no gol, e Cássio simplesmente caiu no chão, sem ao menos se mexer um centímetro em direção da bola, um lance que o torcedor demorou para entender.

Se não puder ajudar, atrapalhe, o importante é participar. Certo Pablo?

Pablo viveu dias difíceis com Crespo sendo deixado de lado no banco após ter algumas falhas em sequência. No entanto, o fato de Rigoni e Calleri estarem machucados não deixou opção para Rogério a não ser escalar o atacante.

Até falamos aqui sobre como o jogador poderia retomar a boa fase, onde comentamos que ele não é um camisa 9 goleador, mas isso não significa que ele possa perder o gol que perdeu.

Em um lance de bobeira do Bragantino, Pablo se viu de frente para um gol sem goleiro, e acabou isolando, e no processo ainda atrapalhou Luciano, que também estava vivo na jogada e poderia ter empurrado para o fundo do gol. O jogo terminou 1 a 0 para o Bragantino, então calcule quanta falta esse gol perdido fez.

Um Lucas Lima veloz e furioso

Nem toda bizarrice tem que ser ruim para quem a cometeu, como vamos mostrar aqui. Acontece que o Fortaleza vinha precisando vencer para espantar a má fase, e a torcida estava cética quanto ao time principalmente pela derrota sofrida no meio da semana passada. Portanto, é seguro dizer que nem o torcedor mais otimista esperava um gol de Lucas Lima em apenas 50 segundos de jogo contra o Athletico-PR. Além da velocidade do gol, o jogador acabou por quebrar o próprio jejum de gols, que já durava 226 dias.

Galo contra o próprio patrimônio.

Sempre que temos um campeonato onde o líder está a praticamente 10 pontos de vantagem para quem vem atrás, esperamos que esse time desempenhe o melhor futebol.

Mas jogar o melhor futebol nem sempre significa fazer 10% dos lances de forma correta, como a defesa do Atlético Mineiro demonstrou. Nathan Silva, que constantemente testa a paciência do torcedor, tocou mal para o goleiro Emerson, que acabou deixando a bola passar e entrar no gol. Uma grande presepada do líder, que ainda venceu a partida.

O Renato é tricolor

Existem muitas maneiras de se provar um treinador, e geralmente a torcida nos estádios não tem maneira no palavreado para fazê-lo. No entanto, a torcida do Flu resolveu provocar o treinador Renato Gaúcho apenas gritando “ o o o Renato é tricolor”.

A ironia do canto ligado ao placar do jogo acabou criando uma provocação que foi inteligente e extremamente irritante para Renato e Flamengo ao mesmo tempo. E com certeza foi a cena mais bizarra de toda a rodada.