NETFUT
Notícias de futebol

Abel Ferreira se irrita com a cultura de demissão de técnicos e dispara: “se não ganha três jogos, quer me mandar embora”

Apesar de já estar no Brasil a mais de dois anos, Abel Ferreira segue se surpreendendo com a nossa cultura, e nem sempre de forma positiva. O treinador já havia criticado antes o imediatismo das coisas no nosso futebol, e isso acabou virando assunto novamente com o treinador.

Isso porque durante a coletiva do treinador após a vitória de 2 a 0 frente a Ferroviária, o treinador foi perguntado sobre a chance de deixar o clube depois a derrota no Mundial, e foi perguntado até sobre uma possível ida para o Benfica, time que demitiu Jorge Jesus e ainda procura por um grande técnico.

Abel Ferreira não gostou muito do tom da conversa, e fez críticas sobre a cultura dos técnicos no Brasil, da forma com que os clubes automaticamente querem se livrar de seus treinadores por conta de uma pequena sequência ruim

– Se não ganharem três jogos querem mandar embora, no Brasil é assim. Meu foco é a cada jogo. Tenho contrato. Tenho orgulho do trabalho. Tenho que estar focado no meu trabalho”, disse Abel, que depois retornou ao mesmo assunto dizendo:

– Se não ganharem três jogos querem mandar embora, a cultura não tem mudado. Meu assistente disse “é o quinto que já foi embora”. Meu foco é no aqui, no agora, vivendo na intensidade. As coisas acontecem no tempo de Deus.

Vale lembrar que mais de uma vez o treinador chegou perto de perder o seu emprego, a torcida do Palmeiras inclusive pedindo a sua saída mais de uma vez, inclusive no começo do ano passado quando o treinador acabou indo um pouco mal em sequência no Campeonato Brasileiro, com tudo normalizado depois na Libertadores.