NETFUT
Notícias de futebol

A vitória do Palmeiras contra o Galo pode ser anulada? Entenda o que Deyverson pode ter provocado

Na noite de ontem o Palmeiras venceu o Atlético Mineiro na partida decisiva para se classificar a grande final da Taça Libertadores da América. O jogo foi muito duro para os dois lados e o Palmeiras venceu usando a regra do gol fora, marcando um gol de empate em um jogo que terminou em 1 a 1 na casa do time mineiro, sendo que o jogo na casa do Verdão foi 0 a 0.

Isso tudo significa que o único gol que o Palmeiras fez nas duas partidas foi fundamental para a classificação do time. Mas o que aconteceria se esse gol fosse anulado mesmo depois do jogo ter terminado?

Essa foi uma discussão que entrou em debate na internet após imagens do gol mostrarem que um jogador do Palmeiras estava de forma ilegal no campo. Trata-se de Deyverson. O atacante do Palmeiras estava no banco de reservas durante o jogo, e acabou entrando em campo com colete e tudo durante o lance do gol.

Claro que é completamente normal e corriqueiro que jogadores do banco invadam o campo durante a comemoração depois que gol já tenha sido marcado, porém, imagens mostram que o jogador estava em campo com a bola rolando bem antes do cruzamento para o gol de Dudu.

O lance parece ter passado despercebido durante o jogo, já que os atletas do Atlético Mineiro não reclamaram sobre o assunto nem mesmo foi comentado pelos narradores da partida durante suas transmissões.

Especialista em arbitragem confirma o erro, mas dirigente afirma que torneio deve seguir

Ex-árbitra Nadine Bastos aponta erros de arbitragem na vitória do Palmeiras sobre o Galo

No entanto, o acontecido foi notado posteriormente com as imagens, de acordo com a comentarista e ex-árbitra Nadine Bastos que comentou o assunto dizendo que, quando um jogador ou técnico invade o campo da forma que aconteceu, segundo a regra, o lance deveria ser parado e marcado tiro livre indireto.

Sendo assim, o jogo ter seguido foi um erro da arbitragem tanto dos bandeiras, quanto do árbitro e também do VAR, que em nenhum momento, chamou para uma correção ou sequer a revisão do lance.

O lance, inclusive, tomou as redes sociais na madrugada de ontem e na manhã de hoje, e certamente, já chegou a Conmebol que não vai ter como ignorar o acontecido e mesmo que não venha a fazer nada a respeito, vai precisar se pronunciar sobre o assunto.

Por outro lado, o vice-presidente do Atlético Mineiro José Murilo Procópio, disse que todos seguem focados nos objetivos, além de elogiar a campanha do clube pela competição. Afirmou que o luto não deve durar mais do que 24h e que não está nos planos do Atlético contestar a partida.

Pivô da polêmica, centroavante rebate as críticas

O próprio Deyverson também já deixou a sua declaração a respeito do assunto, e claro, como é de costume do jogador, ironizou a situação toda dizendo que estão arrumando desculpas para não falar sobre a vitória do Palmeiras.

Deyverson é um recorrente de polêmicas, sendo um jogador que se identifica com a torcida mais do que a própria torcida se identifica com ele. Deyverson, por algum tempo, já perdeu a confiança da torcida e desde que retornou ao time, tem ficado no banco e quando entra, faz a torcida se preocupar.

Alguns torcedores, inclusive, tinham medo de que o jogador entrasse em campo e fosse expulso complicando a vida do time, mas ele mostrou que não precisa jogar para poder aprontar.