NETFUT
Notícias de futebol

“A gente não tem ideia do que tá fazendo” diz Cuca sobre história sendo construída no Galo

Na noite da última quarta-feira 15/12, o Atlético Mineiro visitou o Athletico na tentativa de não tomar uma goleada histórica a fim de conseguir se bi campeão da Copa do Brasil. Como era de se esperar, as coisas acabaram dando certo para o lado do time alvinegro, e o Galo foi campeão de mais um título esse ano, chegando ao “triplete” como o time prefere chamar.

O título foi apenas mais uma confirmação do ano incrível que o Atlético teve em 2021, com Hulk sendo o grande artilheiro do futebol brasileiro esse ano, e tendo muitos outros jogadores como destaque, como Nacho e Zaracho que foram de longe os melhores jogadores de meio do Brasileirão junto com Raphael Veiga do Palmeiras, ou mesmo Guilherme Arana que jogou tão bem que mesmo jogando aqui no Brasil foi colocado pelos torcedores como merecedor de ser titular da lateral esquerda da seleção brasileira, mesmo a posição já estando recheada de craques que jogam na Europa.

Mas é claro, existe um outro nome do Atlético que deve ser lembrado como um dos grandes responsáveis por fazer esse time todo jogador, afinal, uma equipe que tem muito jogadores bons é só um amontoado de talento, é necessário um grande técnico para fazer que todos os talentos estejam funcionando em sintonia e no caso do Galo esse nome é Cuca.

Cuca fez um ano incrível, foi considerado o melhor treinador do Brasileirão, e não existem dúvidas do quanto o treinador se sacrificou para que ele pudesse fazer de tudo para que os títulos pudessem vir de fato.

O treinador falou disso após o jogo contra o Atlético, deixando claro que durante essa temporada a sua vida foi praticamente só Atlético Mineiro, vivendo 30 horas por dia no clube e tendo que abrir mão de sua família para que seu foco fosse total no time.

– Eu abri mão de tudo, abri mão das filhas, da mulher, de tudo, eu vivi 30 horas por dia no Atlético, dei tudo o que eu tinha, e a gente abre mão de tudo – afirmou Cuca, que no momento não quer nem pensar 2022, sabendo que ainda têm férias pela frente.

O treinador disse que agora quer apenas descansar e aproveitar sua família ao máximo para só voltar a pensar em futebol quando for o momento de se reunir com a diretoria para falar sobre o futuro que vai chegar.

Cuca afirmou ainda que embora esteja curtindo ao máximo o momento que está vivendo dentro do Atlético Mineiro, ele não tem como saber ao certo quão histórico esses momentos estão sendo, e que a única forma de saber vai ser esperando, já que no futuro as pessoas terão uma noção maior de tudo o que está acontecendo agora.

– A história fica maior depois, hoje a gente não tem ideia do que a gente tá fazendo, mas tá gostoso demais, Deus abençoou esse ano nosso aqui e está uma coisa linda – Disse Cuca.


Sem opção de comentar este post