NETFUT
Notícias de futebol

4 treinadores que não devem chegar até o fim da temporada empregados

A vida de um treinador de futebol não é nada fácil. As vezes ele pode estar fazendo um trabalho mediano e  ser mandado embora antes de poder fazer com que o time chegue nas cabeças.

E às vezes ele está preso em um trabalho onde todas as opções já foram exauridas, e não existe chance real dele poder fazer aquela equipe melhorar, e aí demissão é praticamente um ato de misericórdia.

O ano mal começou, e já temos diversas demissões em clubes grandes, e pelo jeito vamos ter ainda mais antes que a temporada, europeia ou nacional, termine. E por isso hoje nós vamos fazer algumas previsões aqui listando 4 treinadores que não devem chegar até o fim da temporada empregados.

Fábio Carille

Vamos começar falando então do Santos de Fábio Carille, o time que divide muitas opiniões. Existem momentos onde esse Santos é extremamente envolvente, sendo um time rápido e preciso, assim como se mostrou no clássico contra o Corinthians.

Porém, o time também é extremamente inconsistente, e tem seus momentos de apagão que geralmente colocam os jogos a perder. E isso já custou a paciência da torcida, que agora já pode ser ouvida vaiando o time no estádio.

A torcida foi quem causou a demissão de Sylvinho e também de Vagner Mancini, e por isso é de se esperar que se as coisas não melhorarem, o resto pode acontecer com Carille.

Pottechino

Temos que ter um nome internacional aqui também, e por isso temos um treinador argentino com os dias contados em uma equipe Francesa. Para se ter uma noção da situação de Pottechino no PSG, ainda que o treinador consiga conquistar a Champions esse ano, é difícil que ele continue, e todos apontam que o PSG já conversou com Zidane, nome que eles querem para a próxima temporada.

Tudo isso é fruto de um time bagunçado e muito mais fraco do que uma equipe com Mbappé, Neymar e Messi deveria ser. Além do fato de que se o PSG cai na Champions, é de se pensar que no outro dia o treinador cai também.

Abel Braga

Por enquanto o torcedor do Flu não tem muito o que reclamar, com o time andando, porém, a torcida já tem má vontade com o treinador por todas as coisas negativas que ela apresentou em seus últimos trabalhos, e basta uma pequena sequência de tropeços para que Abel caia novamente.

Rogério Ceni

E claro, não podemos deixar de falar o treinador mais “balançante” do momento. Já fazem dois jogos que Rogério está a uma derrota da demissão, mas vem se segurando firme em seu cargo.

O treinador teve um começo de Paulistão bem ruim, ficou os primeiros 4 jogos sem vencer e isso custou a paciência de todos. E agora vai precisar de uma sequência de vitórias boa para poder criar uma gordurinha para que possa tropeçar de novo sem cair. Mas até quando o treinador vai conseguir se segurar em seu cargo?