NETFUT
Notícias de futebol

4 razões do porquê o Corinthians não deveria dar uma chance a Renato Gaúcho

Atualmente, o Corinthians tem o mesmo sonho que dois outros clubes brasileiros já tiveram antes dele, e os dois terminaram frustrados sem a realização dele: ter Jorge Jesus no comando.

Sabemos que é difícil, e o Corinthians sabe também, e por isso o time precisa de um Plano B imediato caso as coisas realmente não deem certo com o português. No entanto, a torcida sem dúvida nenhuma torce para que esse plano B não seja Renato Portaluppi, o tradicional Renato Gaúcho.

E entendendo essa rejeição que a torcida tem pelo treinador, nós vamos listar 4 razões do porque o Corinthians não deveria dar uma chance a Renato Gaúcho.

Descompromisso com o trabalho

Uma das coisas que mais marcou a saída de Renato do Flamengo, foi o que se descobriu depois, coisas muito preocupantes para um técnico de um time do tamanho do Flamengo

Depois que ele saiu, surgiram vários relatos do treinador se atrasando para os treinos e se dando folga para poder ir a praia. Em uma ocasião inclusive o treinador pediu ao presidente do Flamengo para que um jogo de volta da Copa do Brasil fosse feito com reservas, para que ele não viajasse para o jogo

O argumento era que ele e o time titular ficariam no Rio de Janeiro para treinos especiais, que obviamente terminaram na praia.

A parte tática é importante

Embora exista uma parcela do jornalismo esportivo brasileiro que parece ter repulsa a parte tática do futebol, como podemos ver com o Flamengo, ela é importante, e ela sempre acaba sendo deixada de lado por Renato.

O treinador acredita mais no talento dos jogadores do que nisso, e isso acarretou em vários comentários ruins vindo dos próprios jogadores de que seus treinos eram vazios e sem realmente ensinar alguma coisa. E quem viu a final da Libertadores viu que isso fez falta.

Falas polêmicas

Se tem uma coisa que o Corinthians não precisa hoje, é de polêmicas. Hoje o clube está harmonioso na medida do possível, sem racha de elenco, sem confusão nos bastidores, sem nada que possa trazer dor de cabeça.

Agora, imagina se Renato vai a público para criticar Renato Augusto? Ou Cássio? Ou Fagner? Uma coisa que o treinador tem costume de fazer é arrumar sarna para se coçar, e isso poderia só trazer mais problemas ao time, em um momento que o Timão não pode correr o risco.

Possíveis problemas com a torcida

E essa é a cereja do bolo. A torcida do Corinthians pode ser sua maior aliada ou sua pior inimiga, tudo depende de como o treinador vai reagir. E sabemos que Renato tem um temperamento difícil.

Se uma fagulha entre os dois lados surgir, como por exemplo o treinador dando as desculpas que já estamos acostumados a ver quando um time se perde, pode ser que rusgas entre ele e a torcida surjam, e aí claramente seria o começo do fim da passagem do treinador pelo Corinthians.